MEC analisa programa de fomento ao ensino médio integral
''Maquiagens'' do prefeito já começam a borrar em Resende
MPF quer impedir avanço de areais na Baixada Fluminense
Resende quer conhecer a verdadeira face do governo municipal
Educação de Magé abre espaço para iniciação em braille

Nova eleição será marcada pelo TRE do Rio

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve, na sessão de ontem (23), a cassação do prefeito de Paraty, Carlos José Miranda, o Casé e de seu vice, Luciano Vidal. A chapa foi condenada por abuso de poder político nas eleições de 2016. Reeleito com apenas cinco votos de diferença para o segundo colocado, Casé usou a máquina administrativa a seu favor para se reeleger, distribuindo títulos de propriedade menos de um mês do pleito.

O tempo integral está previsto também no Plano Nacional de Educação

 

O Ministério da Educação (MEC) está reavaliando o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. A intenção da pasta é verificar como os recursos estão sendo usados nos estados para definir os próximos passos do incentivo, de acordo com o diretor de Ações Educacionais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Arcione Ferreira Viagi.

Quem chega ao endereço dado como sede da empresa fornecedora depara com capas e películas para celulares

Quem entra na loja de número 15 da Rua Dom Walmor, no centro de Nova Iguaçu, depara com um ponto de vendas de capas e películas para telefones celulares no varejo e não vê nenhum sinal de material de limpeza ou de higiene, mas é lá que as secretarias de Saúde e Educação de Mangaratiba vão se abastecer de alguns itens desses produtos durante um ano. Pelo menos é o que consta das atas de registro de preços 006 e 013, homologadas pelos dois órgãos no dia 13 de março, com aquisições com valor global estimado em R$ 530 mil, classificadas como material de limpeza e higiene.

"Reformas" apresentam falhas e causam desconfiança na população

 

O que parece ser uma estratégia de marketing para promover a imagem do prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz, com a ajuda de alguns milhares de litros de tinta azul marinho, custeados com o dinheiro do povo e estampados em diversos prédios públicos, já começa a provocar reações contrárias em boa parte da população. Como se não bastasse ordenar a retirada de benfeitorias realizadas durante outros governos para promover seu "azulão", o moço deverá enfrentar dificuldades para justificar alguns defeitos considerados grotescos na execução de algumas obras, como a do módulo do programa Saúde da Família do bairro Surubi, por exemplo.

Decisão foi tomada hoje pelo STJ no caso do  triplex

 

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu hoje (23), por unanimidade, reduzir a pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex no Guarujá (SP), de 12 anos e um mês para 8 anos e 10 meses de prisão. O recurso foi trazido a julgamento pelo relator da Lava Jato no STJ, ministro Felix Fischer, que foi o primeiro a votar por manter a condenação, mas reduzir a pena do ex-presidente.