Rio das Flores: pequeno em tamanho, grande na falta de transparência
UFC desenvolve ketchup à base de acerola, beterraba e abóbora
Crise financeira em Casimiro de Abreu não é tão feia como se pinta
Merenda escolar de Magé é tema de palestra no Tribunal de Contas

Presidente da Câmara governa a cidade desde a última sexta-feira

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Italva, Claudinei Melo (foto), viveu ontem seu segundo dia útil como prefeito interino. Aliado da ex-prefeita Margareth de Souza Rodrigues, a Margarete do Joelson, cassada por compra de votos, Melo governará até a escolha de novos prefeito e vice, em eleição suplementar que deverá ser marcada assim que esgotarem os recursos no Tribunal Superior Eleitoral. Margarete havia sido condenada em dezembro do ano passado pelo juiz eleitoral local, Rodrigo Pinheiro Rebouças, sentença confirmada no dia 10 de outubro pelos membros do Tribunal Regional Eleitoral, que, por unanimidade, entenderam que ficou comprovado que houve promessa de emprego para eleitores em troca dos votos e pagamento de exames médicos com a mesma finalidade. Em pronunciamento recente ela afirmou que continua recorrendo e que vai provar sai inocência e que está sendo vítima de perseguição política.

O prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho (foto), revelou a pouco ao elizeupires.com que o pagamento do décimo terceiro salário será feito até o dia 20 aos servidores das secretarias de Saúde e Educação. Segundo ele, e que os funcionários lotados nos demais setores serão pagos antes do Natal, inclusive os aposentados e pensionistas. O prefeito afirmou que conseguiu quitar os proventos atrasados dos inativos, o que tornou-se possível graças a recuperação de fundo de cerca de R$ 10 milhões. O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Belford Roxo (Previde) sofreu várias perdas com aplicações de risco no mercado financeiro feitas entre 2008 e 2015.

Houve irregularidade na utilização dos parâmetros para reajuste das tarifas de pedágio

 

Em ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal (MPF), a Justiça Federal declarou a nulidade dos reajustes da Tarifa Básica de Pedágio da Concessionária nos anos de 2010 e 2011, determinando a imediata redução das tarifas de todas as praças de pedágio (principais e auxiliares) da NOVADUTRA. A Concessionária e a ANTT foram condenadas a calcular os reajustes de 2010 e 2011 considerando a aplicação da cláusula 57 do Contrato de Concessão, mantendo a aplicação do IPCA a partir de 2012 (conforme o Termo Aditivo nº 11/2012), bem como a implementar imediatamente as tarifas de 2018 resultantes de tais cálculos.

Acusado de receber propina de 20% do valor pago a empresas de ônibus pelo reembolso da gratuidade no transporte de estudantes da rede pública, idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PV), foi preso na manhã desta segunda-feira (10) em casa. Ele foi levado por agentes da Polícia Civil por volta das 8h30 e teve ser atendido por um médico. De acordo com a denúncia formulada pelo Ministério Público, o montante desviado entre 20014 e 2018 soma mais de R$ 10 milhões. Ação de hoje é um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio.

Com pouco mais de 21 mil habitantes, segundo o IBGE, Silva Jardim já gastou R$ 12,8 milhões com transporte de alunos, embora tenha uma frota própria. Só este ano, revelam documentos, a Costa Verde Serviços e Locações de recebeu R$ 2.088 milhões. Ela foi contratada na gestão do ex-prefeito Anderson Alexandre, preso desde o dia 30 de novembro sob acusação de fraude e corrupção, em denúncia formulada pelo Ministério Público no caso da contratação esquisita de uma empresa para cuidar do sistema de iluminação da cidade. Um dos menores do estado do Rio de Janeiro, o município tinha, até o ano passado, pelo menos 12 ônibus escolares recebidos através do programa Caminho da Escola.