Educação midiática forma cidadão consciente, dizem especialistas
Guedes defende privatizações e diz que a velha política morreu
Tribunal enquadra Prefeitura de Japeri por contratar empresa sem frota
Remédios sem controle em Magé, diz relatório do TCU
Brumadinho, uma cidade inteira de luto

Decisão foi tomada em processo por fraude em licitação e superfaturamento

A juíza Patricia Fernandes de Souza Drumond, da Vara Única de Itaperuna, determinou o afastamento do secretário  Educação Franciney Luiz de França. Ele [e réu junto com o prefeito de Itaperuna, Marcus Vinicius de Oliveira Pinto, o secretário de Governo Alex Gomes Quadra e os empresários Marcos Paulo Mamari Bastos e Ana Paula Mamari Bastos em ação de improbidade administrativa movido pelo Ministério Público. Conforme o elizeupires.com havia noticiado no dia 2 de abril deste, os quatro foram denunciados por fraude em quatro processos licitatórios abertos para compra de uniformes, mochilas e material escolar.

Durante as investigações o Ministério Público apontou "superfaturamento, fraude à publicidade, ausência de competitividade e direcionamento" nos pregões vencidos pelas empresas MA2 Soluções e Mmidolem Industria e Comercio de Confecções.

Segundo o MP denunciou no processo 0002466-54.2018.8.19.0026, nenhum dos processos licitatórios contou com pesquisa de preço de mercado e em relação ao pregão presencial para a compra de uniformes "não há comprovação de publicação do edital", uma manobra para o direcionamento da licitação para vitória da MA2 Soluções. A Promotoria apurou que foram encomendadas 11 mil mochilas, número superdimensionado, pois no ano passado, quando a compra foi feita, a rede municipal de ensino tinha 8.667 alunos matriculados na rede municipal. Além disso, a Prefeitura pagou por elas preço superior ao praticado no mercado.

 

Matérias relacionadas:

MP enquadra prefeito de Itaperuna por fraude em licitação

Empresas denunciadas por fraude faturaram R$4,8 milhões em Itaperuna: MP apontou superfaturamento e licitação direcionada

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar