''Índio do buraco'' é o último sobrevivente de sua etnia
Justiça afasta três vereadores de Casimiro de Abreu no caso da compra de votos para reprovação de contas
Com promessa de tolerância zero à corrupção novo prefeito assume hoje à noite os destinos de Rio das Ostras
Vereador denuncia esquema de compra de voto para reprovar as contas do ex-prefeito na Câmara de Casimiro de Abreu
Fechada há dois anos Unidade Mista é reaberta em Belford Roxo

E anuncia um pré-candidato que não conseguiu votos nem para se eleger deputado

"Oportunismo político". Assim está sendo visto em Maricá o lançamento da pré-candidatura do dentista e suplente de deputado federal em exercício de mandato Marcelo Delaroli (foto), ao governo do estado do Rio de Janeiro. Delarori foi candidato pelo PR em 2014, mas não teve votação suficiente para se eleger. Obteve 33.743 votos e ficou na primeira suplência, agora, tentando surfar na onda do pré-candidato do PSL a presidência da República, Jair Bolsonaro, teve o nome lançado por seu partido para disputar a sucessão do governador Luiz Fernando Pezão. O anúncio da pré-candidatura foi recebido no meio como "mero oportunismo". Em tempo: em 2016 Marcelo candidatou-se a prefeito de Maricá e concorreu com o registro impugnado porque foi considerado inelegível pela Justiça Eleitoral.

 

Comentários  

0 #1 Maquivel 20-06-2018 00:57
Ja está eleito!
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar