TJ garante benefícios aos servidores de Guapimirim
Pneus velhos viram canteiros em Mesquita
Itaguaí tem espaço para terceira via na sucessão municipal
Prefeitura de Aperibé vai gastar R$ 848 mil com padaria...
Transporte de alunos em Japeri vai custar R$ 3,3 milhões

CPIs vão investigar contrato com concessionária que abastece três municípios

A renovação da concessão para a exploração do serviço de abastecimento de água, captação e tratamento de esgoto nos municípios de Araruama, Saquarema e Silva Jardim com a Concessionária Águas de Juturnaíba, do grupo Águas dos Brasil - formada pelas empresas Developer, Queiroz Galvão, Trana Construções e Construtora Cowan - teria sido assinada muito antes do vencimento para facilitar a obtenção de novos investidores pelo grupo. A afirmação foi feita ontem à tarde por Luiz Carlos Xavier, ex-secretário de Fazenda de Silva Jardim, tio do ex-prefeito Marcelo Cabreira Xavier, o Marcelo Zelão, que assinou pelo município onde é feita a captação da água que abastece as três cidades. Luiz falou isso ao sair em defesa do sobrinho, que a exemplo do ex-prefeito de Araruama, André Monica e da prefeita de Saquarema, Franciane da Conceição Gago, assinou a renovação sem consultar a Câmara de Vereadores, que teria de aprovar em plenário a permissão para que o prefeito a assinasse.

Com 25 anos de duração, a concessão dada à concessionária vai até 2023, mas foi ampliada por mais 25 anos quando ainda faltavam 11 anos para ela findar. Essa prorrogação, pelo que externou o ex-secretário de Fazenda de Silva Jardim, facilitaria as coisas para o grupo que controla a concessionária, funcionando como uma atração maior aos olhos de possíveis novos investidores. Ontem vereadores de Silva Jardim confirmaram que a proposta de criação de uma Comissão de Inquérito será votada no dia 17 de fevereiro, primeira sessão ordinária da legislatura de 2014. No município de Araruama a CPI deverá ser votada no dia 3 de fevereiro. Nos três municípios, além de apurar como se deu a renovação da concessão, os vereadores pretendem investigar também se os prefeitos receberam alguma ajuda da concessionária para a campanha eleitoral de 2012. Dos três gestores municipais apenas Franciane conseguiu se reeleger.

Na manhã de ontem o elizeupires.com ouviu o superintendente da Concessionária Águas de Juturnaiba, Carlos Gontijo sobre as comissões de investigação que serão abertas nas câmaras das três cidades. Ele afirmou que a empresa só vai se pronunciar sobre o assunto depois de comunicada oficialmente sobre a investigação.

Matérias relacionadas:

Concessão sob suspeita

CPI das águas será mais ampla em Silva Jardim

Comentários  

0 #1 Lúcio 23-01-2014 11:49
Os grandes sempre se protegem e os pequenos só se ferram. Essa renovação é prova disso.
Citar
0 #2 Paulo Cesar 23-01-2014 11:51
Vamos ver no que vai dar isso.
Citar
0 #3 Tereza 23-01-2014 11:54
Pente fino já. Esses contratos precisam ser revistos.
Citar
0 #4 Levi 23-01-2014 13:58
Esperamos que com essa pressão toda o serviço melhore.
Citar
0 #5 Amigo da Verdade 23-01-2014 14:00
Boa tarde, Elizeu, o ex-secretário de Fazenda está nervoso aqui na cidade com essa matéria. Disse que não falou nada disso.
Citar
0 #6 Elizeu Pires 23-01-2014 14:04
As pessoas precisam ter mais responsabilidad e ao se pronunciarem sobre algum assunto polêmico. Ele não disse, afirmou e o fez isso para dois jornalistas, para mim e para o jornalista Cezar Guedes. Jornalismo é coisa séria e o que é de interesse público tem de ser revelado sempre, gostem os envolvidos ou não. Abraços a todos e fiquem com Deus.
Citar
0 #7 Vito 23-01-2014 21:02
Elizeu, o Luiz tio do Zelão costuma falar e não assumir. Ele é assim mesmo.
Citar
0 #8 Adão 23-01-2014 21:06
Espero que essa CPI seja para valer.
Citar
0 #9 Luiz 23-01-2014 21:09
Concordo plenamente com você, Elizeu. Tem gente que fala e depois não assume. Isso é muito comum aos covardes.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar