Pelo menos mais dez mil moradores de Magé passam a ter direito à gratuidade no transporte público municipal com a entrada em vigor de uma lei específica a provada pela Câmara de Vereadores. Um dispositivo legal de autoria do vereador Álvaro Alencar (foto), reduz para 60 anos de idade, no município, a exigência para concessão do benefício. São cinco anos a menos em comparação com o estatuto do idoso - uma legislação federal -, que implantou a gratuidade para os cidadãos acima dos 65 anos. O direito, entretanto, não vale nos ônibus das linhas intermunicipais e interestaduais.

“Essa é uma importante conquista e que nos enche de orgulho. É uma ajuda que faz toda a diferença no bolso dos idosos e idosas no final do mês. Sabemos o alto custo de vida na terceira idade e o direito a gratuidade é mais uma forma de economia. Além de ser uma forma de reconhecimento e respeito por toda contribuição dada por estas pessoas ao longo da vida. É uma alegria imensa ser o autor desta lei”, afirma o vereador.

Sancionada e publicada, a lei já está vigorando e com o uso da carteira de identidade todas as pessoas com idade partir dos 60 anos tem o direito de embarcar nos ônibus e nas vans que operem em linhas municipais.

Comentários  

+1 #1 Renaa Meirelles 06-08-2017 12:21
Muito bem!
Citar
0 #2 Edson Cyrillo Silva 21-09-2017 15:32
qual empresa já está operando com esta lei? Reginas? Iluminada?
falei com a Trel (Iluminada) e eles não permitem idosos aos 60 anos.
como fazer a lei se cumprir?
Obrigado
Citar
0 #3 Edson Cyrillo Silva 21-09-2017 15:34
como fazer cumprir a lei?
a Trel (Iluminada) não permite.
Obrigado
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar