Dr. João defende ações para desenvolver o comércio e a indústria na região (Foto:Divulgação/PMSJM)

Firjam e prefeitos defendem ações unificadas

"A violência é o maior entrave ao crescimento econômico e ao desenvolvimento do comércio na região". A colocação foi feita pelo prefeito de São João de Meriti, João Ferreira Neto, o Dr. João, durante encontro realizado ontem (8) pela Federação da Indústrias do Rio de Janeiro, em Duque de Caxias, para discutir o Mapa do Desenvolvimento do estado, que prevê ações na Baixada Fluminense e especificamente em São João de Meriti, nos próximos oito anos. Os da entidade apresentaram sugestões para alavancar o comércio e a indústria no município.

"A Firjan tem um projeto ousado de desenvolvimento para o Rio de Janeiro como um todo e, em especial, para a Baixada Fluminense. É um grande desafio em função de toda a crise que vive o nosso Estado. Mas esse conjunto de ações precisa envolver também a segurança. Caso contrário, não vamos sair do lugar. Muitas empresas estão fechando suas portas devido à violência", ressaltou Dr. João.

Presente à reunião, o prefeito de Magé, Rafael Santos de Souza, Rafael Tubarão, também abordou uma questão fundamental para a economia dos municípios: o incentivo fiscal. "Em São João de Meriti ainda não conseguimos colocar em prática um projeto que foi promessa de campanha, que prevê incentivos fiscais aos empresários que, como contrapartida, destinem pelo menos 70% de suas vagas de emprego para moradores locais", afirmou o prefeito de Meriti.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar