Vão conhecer projetos que deram certo na cidade e a ampliação do serviço de água

Quatro governantes de municípios do estado de Santa Catarina estarão nesta sexta-feira em Santo Antonio de Pádua, onde irão conhecer os projetos implantados pelo prefeito Josias Quintal (foto), com atenção especial para o que possibilitou a ampliação do número de ligações para abastecimento de água, obra da concessionária Águas de Pádua, gerida pela Empresa de Saneamento Ambiental e Concessões, que atua em oito estados. Além de ampliar a prestação do serviço, a concessão garante uma tarifa bem menor que a praticada pela Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae), que é cerca de 40% mais cara. Quintal fixou a taxa de consumo em R$ 32 e da estatal é de R$ 46.

A captação e distribuição de águas em Santo Antonio de Pádua foram privatizadas em 2004 pelo prefeito Luiz Fernando Padilha, o Nando Padilha, mas a concorrência acabou anulada por Josias Quintal, por conta de irregularidades no processo e da precariedade com que o serviço era prestado. O prefeito decidiu intervir e a concessionária Águas de Santo Antonio, da Companhia Nacional de Saneamento (Conasa), foi substituída pela Águas de Pádua, que em poucos meses ampliou o número de ligações de 11 mil para 14 mil e está realizando várias obras para continuar expandindo o atendimento.

De acordo com dados da Prefeitura, o número de ações judiciais caiu 300 por ano para oito, e além da ampliação das ligações, a manutenção dos cerca de 230 quilômetros de rede é feita por um número maior de técnicos e por uma frota de atendimento com mais 20 veículos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar