Unidade passou a funcionar em espaço mais amplo e confortável

Quem compareceu nesta segunda-feira ao Hospital Geral de Nova Iguaçu, o Hospital da Posse, para doar sangue pode fazer o procedimento com mais conforto. É que o banco de sangue que antes funcionava em local improvisado agora está em espaço maior. O hemonúcleo foi reinaugurado no último sábado, quando recebeu 59 doadores, entre eles Adriano Santos Fernandes (foto), membro de um grupo de Duque de Caxias, que faz parte de uma rede de voluntários da Defesa Civil. "Essa é a primeira vez que estou doando e a partir de agora quero fazer sempre. Tirar um tempinho do seu dia para ajudar o próximo é muito gratificante. Faz bem não só para o paciente, mas para nós também", disse ele.

O espaço passou por obras de reforma e foi totalmente readaptado, com acessibilidade para portadores de necessidades especiais e ambiente climatizado, além de ganhar salas para triagem clínica, sala de espera e de coleta, com três poltronas para doação e ambiente de repouso.

A unidade é o único hemonúcleo público da região ligado ao Instituto de Hematologia (Hemorio). As obras de reforma, iniciadas em 2013, estavam paradas e foram retomadas no início deste ano. "Mesmo com as dificuldades financeiras enfrentadas pela cidade, era imprescindível entregar este espaço, mais amplo e confortável, tanto para os doadores, quanto para os funcionários. A doação de sangue é um ato de solidariedade muito importante, ainda mais se tratando de um hospital de trauma que recebe mais de 10 mil pacientes por mês", disse o prefeito da cidade, Rogério Lisboa.

O banco de sangue está localizado no primeiro andar, próximo à rampa de acesso dos visitantes. Funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. O doador tem de estar bem de saúde e pesar mais de 50kg; apresentar documento oficial de identidade com foto; ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita antes dos 60 anos; não ter ingerido bebida alcoólica 24h antes da doação; não ter ingerido alimentos gordurosos 4 horas antes da doação; jovens com 16 e 17 anos podem doar com autorização dos pais ou responsáveis. Não é necessário estar em jejum.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar