Denúncia de sobrepreço foi feita pelo presidente da Câmara de Vereadores

O Controlador Geral da Prefeitura de Mesquita, Nicola Palmieri, nega que tenha havido superfaturamento nos contratos firmados com as empresas Ban Car e Rio Lastef para a locação de veículos para atender a Secretaria de Ação Social, conforme fora denunciado pelo presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo dos Santos Rosa, o Marcelo Biriba. Nicola explica que foi feito um registro de preço, com as contratadas sendo obrigadas a manter os valores licitados pelo período de um ano e que antes de classificar os participantes da licitação o setor de compras realizou três cotações e delas foi retirada a média, que é o valor estimado.

O edital,  explica o controlador, foi publicado com o a partir do preço médio, que foi de R$ 6.583,33 por veículo, com motorista e a Prefeitura alugou seis carros com o valor unitário  final de R$ 5.892,00, isso em relação ao contrato com a Ban Car. Nicola informou ainda que foi feito licitada também a locação de uma van com valor estimado em R$ 12.900,00 e o preço registrado por um ano é de R$ 11.933,00 sendo que a van não foi contratada. O controlador confirmou o aluguel de um ônibus junto à Rio Lastef por R$ 12.500,00 mensais e que o veículo está sendo utilizado pela Secretaria de Assistência Social.

Ainda de acordo com o controlador, a Prefeitura fez uma ova licitação para a contratação de carros para outras secretarias, essa sem o motorista. Nesse pregão o valor estimado cotado no balizador oficial e no banco de preços ficou em R$ 3.320,00, com a Ban Car vencendo com a proposta de R$ 2.570,00 por carro.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar