Município foi convidado a compartilhar sua experiência no 'TCE+Educação'

 

Nem só de puxões de orelhas nos gestores públicos, correções de editais de licitação, análise de contas, multas e decisões para devolução de recursos em casos de uso indevido, cuida o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. O órgão também elogia e destaca as boas gestões, como aconteceu esta semana em relação à merenda servida aos alunos da rede municipal de ensino de Magé. A alimentação oferecida aos estudantes foi bem avaliada pelo Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), uma ferramenta de diagnóstico implantada pelo TCE. A boa avaliação levou o diretor da Escola Professora Geralda Izaura Ferreira Telles, Weverton Borges, a ser convidado pela corte de contas para compartilhar as práticas de alimentação durante o evento TCE+Educação, que aconteceu ontem (27) e reuniu membros do corpo técnico do tribunal, prefeitos, secretários de Educação, representantes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e diretores de escolas.

Weverton falou sobre a prática da alimentação, o relacionamento da família com a escola atendendo às necessidades específicas dos alunos e o uso correto da verba do Programa Dinheiro Direito na Escola, do Fundo Nacional de Educação.

"Apresentei a prática de alimentação escolar da nossa unidade, falei sobre o envolvimento da comunidade escolar com a unidade e mostrei os planos de ações desenvolvidos para atender a demanda deles. Além de falar sobre a reforma do nosso refeitório, inspirado em um bistrô e que é um projeto-piloto para melhorar o atendimento da rede na hora da refeição", explicou o diretor.

Segundo o TCE,  Magé foi selecionado para a validação do IEGM 2018 ano base 2017 e a unidade dirigida por Weverton foi a escolhida na amostragem da corte de contas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar