Engenheiros agrônomos dizem que o solo de Magé é muito rico e produz o ano inteiro. Os que trabalham nas terras mageenses sabem disto muito e dela cuidam com carinho. O resultado está em produtos de qualidade, gêneros alimentícios que agora podem chegar à mesa a preços mais em conta. É que uma parceria com entre as com as associações de produtores de pequeno e médio porte da cidade com a Secretaria Municipal de Agricultura está proporcionando uma economia nos custos do cultivo.

Através do programa de Mecanização do Solo os agricultores passaram a ter acesso a uma frota com tratores, retroescavadeiras, subsoladores (usado em preparo profundo do solo), grades aradoras, sulcadores e viaturas, que são disponibilizados mediante o pagamento de uma taxa de R$ 33 por hora de serviço para cobrir os custos de manutenção e abastecimento dos veículos, 57% a menos que o valor de mercado.

"Temos estimulado esse programa para promover ainda mais o desenvolvimento do setor agrícola que tem grande potencial em nossa cidade. Com esse sistema de aluguel do maquinário por um valor bem abaixo do mercado, facilitamos o acesso à tecnologia de preparo do solo mecanizado com economia para o bolso do agricultor e mais agilidade, já que uma área que seria preparada com força braçal levaria semanas e até meses para estar pronta para o plantio", diz o prefeito Rafael Santos de Souza, o Rafael Tubarão, explicando que além de facilitar a vida dos cidadãos da zona rural, o Mecanização do Solo auxilia na implementação dos projetos de outro programa, o Rio Rural, que investe e fomenta a produção agrícola de Magé.

*O agendamento pode ser feito telefone (21) 2739-1242 ou diretamente na Secretaria de Agricultura Sustentável, localizada na Av. Simão da Motta, nº 860. O atendimento é de segunda a sexta-feira das 9h às 17h.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar