Uma parceria entre a Prefeitura de Queimados e a Fundação Leão XII levou aos moradores do bairro São Francisco os projetos  'Novo Olhar' e 'Identifica Rio'. A ação realizada na Escola Municipal Monteiro Lobato superou as expectativas e realizou cerca de 1.300 atendimentos pela manhã. Totalmente gratuita a iniciativa contou com exame oftalmológico computadorizado, óculos de grau e retirada de 1º e 2º via de documento de identidade.

Mesmo com o dia ensolarado os moradores de Queimados lotaram as dependências da escola para participarem da ação. A ideia inicial era disponibilizar 750 senhas, mas para atender a demanda e não deixar nenhum morador de fora, cerca de 850 pessoas foram atendidas apenas para as consultas oftalmológicas e escolha dos óculos. Ao todo crianças, adultos e idosos foram beneficiados com a ação.

Quem participou do projeto 'Novo Olhar' poderá pegar seu óculos de grau na instituição de ensino (Rua Conde de Aljezur, 1135, São Francisco), no dia 4 de julho. Já os contemplados pelo 'Identifica Rio' terão suas identidades disponíveis no Detran (Rua Marli Pereira Araújo, 43, Fanchem), em aproximadamente 10 dias.

O prefeito Carlos Vilela diz que a união entre os órgãos públicos serve para beneficiar as pessoas que mais precisam:  "O nosso município já oferece à população consultas com oftalmologista gratuitamente, mas sabemos que o custo de um óculos em qualquer ótica é muito alto e, infelizmente, há muitas pessoas que não conseguem pagar. Através dessa parceria, conseguimos ajudar ainda mais  com a doação do óculos e isenção da taxa do documento", afirmou.

Um novo olhar e uma nova identidade – Moradora do bairro Paraíso, Cíntia da Silva (33), aprovou a iniciativa e já aguarda ansiosa a chegada do óculos. "Estava com muita dificuldade para enxergar de longe e quando fiquei sabendo que teria essa ação aqui, não quis perder a oportunidade. Nem acredito que, dentro de poucos dias,  verei melhor as coisas que estão distantes. Só eu sei a dificuldade que passo", afirmou ela.

Outra beneficiada pela ação, foi a moradora do bairro São Jorge, Sandra Miranda (36). Ela aproveitou o projeto 'Identifica Rio' para tirar a segunda via da identidade. "É muito ruim ficar sem o documento, pois qualquer coisa que vamos fazer eles pedem a identificação. Mas, graças à iniciativa, isso não será mais um problema para mim e em breve estarei com a minha nova identidade", concluiu.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar