Novo pórtico não faz parte do projeto de revitalização de via. Foi licitado separado

Anunciada como parte da obra de revitalização da Avenida Dr. Carvalhais, principal entrada para o município de Belford Roxo pela Rodovia Presidente Dutra, a derrubada de um pórtico construído na gestão do prefeito Jorge Júlio Costa dos Santos, o 'Joca' e a substituição por um novo portal, além de desnecessária - segundo entendimento de vários moradores da cidade -, vai custar caro aos cofres da municipalidade. De acordo com o Contrato 02/00001/2017, a Prefeitura vai desembolsar R$ 205.672,03 e o novo pórtico será construído em dois meses. A administração municipal alega que precisava modernizar o principal acesso, mas algumas lideranças locais vêem nisso uma tentativa de apagar os vestígios deixados por 'Joca', o primeiro prefeito da história de Belford Roxo, como já aconteceu com a mudança do brazão da cidade e com a troca do nome do hospital que levava o nome de Jorge Júlio, que será reinaugurado como Hospital Municipal de Belford Roxo.

Estação de tratamento do bairro Lagoa é fruto de uma reivindicação antiga

Técnicos da Fundação Nacional de Saúde vistoriaram a Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Lagoa, um projeto iniciado há mais de dez anos através de um convênio entre a Prefeitura e a Funasa. A obra foi paralisada várias vezes e depois de 27 aditivos de prorrogação no contrato pode ser concluída. A retomada ocorreu na atual gestão, a partir de ações conjuntas das secretarias municipais, técnicos ambientais, engenheiros e da participação dos próprios moradores. Na última sexta-feira (1) o relatório da parte técnica foi assinado pelo prefeito Rafael Santos de Souza, o Rafael Tubarão e em seguida foi realizada a vistoria da unidade.

Novo sistema operacional propiciará a ampliação da receita sem aumento de imposto

A Prefeitura de Rio das Ostras vai funcionar com uma nova estrutura operacional, um sistema de última geração que, além de contribuir para melhorar o atendimento ao contribuinte, vai ajudar a Secretaria de Fazenda ampliar a receita sem que haja a necessidade de criação ou aumento de imposto. Uma parceria nesse sentido foi firmada com o Banco do Brasil, visando oferecer atendimento mais rápido e fácil, além de possibilitar também o recadastramento imobiliário da cidade, permitindo efetuar a cobrança de tributos de uma forma mais justa e eficiente. O município passará a ter um Cadastro Multifinalitário, um sistema de registro dos elementos espaciais que representam a estrutura urbana e que permitem agilidade e diversidade no fornecimento de dados para atender diferentes funções, inclusive a de planejamento urbano.

Negociação pode ser feita diretamente na Secretaria de Fazenda

Os contribuintes em débito com o município de São João de Meriti poderão quitar dividas com o IPTU, ISS ou qualquer outro tributo ou taxa que tenha vencido até o final do ano passado, com isenção total dos valores da multa e dos juros que incidem sobre o principal. Quem tem uma taxa ou tributo de R$ 100, por exemplo, pagará apenas esse valor e ainda poderá optar pelo parcelamento em até seis vezes. É o programa "Negocia Meriti", lançado pela administração municipal para evitar transtornos judiciais aos moradores, o que ocorreria se o débito fosse parar na Dívida Ativa, o que significa dizer que a cobrança seria feita via Justiça. "Nossa proposta é facilitar e não complicar as coisas para o contribuinte. O município não pode deixar de cobrar as dívidas. Isso seria renúncia de receita, cabível de ser punida com uma condenação por improbidade administrativa. As pessoas podem procurar o atendimento na Secretaria de Fazenda, na Avenida Presidente Lincoln, 889", diz o vice-prefeito e secretário de Governo Gelson Azevedo.

Interessados podem se candidatar a partir do dia 4 de setembro

Estarão abertas a partir do próximo dia 4 nas unidades do No Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Centro e bairro Guarajuba, em Paracambi, as inscrições em cursos de capacitação oferecidos pela Prefeitura través do projeto Realize Mais. A Secretaria de Assistência Social abriu 300 vagas , com prioridade para os beneficiários do Programa Bolsa Família. O projeto é voltado para a qualificação da mão de obra, visando aumentar o nível de conhecimentos para alcançar melhores posições no mercado de trabalho. Ao todo são seis cursos - gestão pública, marketing empresarial, administração, secretariado, técnicas em vendas e empreendedorismo. A duração é de dois meses e as aulas começam no dia 2 de outubro, no Horto Municipal Chico Mendes, localizado na Rua Ely Do Amparo, no bairro Guarajuba. O prazo para inscrição termina no dia 22.