Os agentes da Vigilância Sanitária fecharam o estabelecimento de um vereador por absoluta falta de higiene

E pizzaria de vereador permanece fechada

O prazo para que os responsáveis pela Padaria, Pizzaria e Confeitaria Sem Limites pedisse uma nova vistoria para ser reaberta terminou terça-feira e até fim do expediente de ontem (27) a solicitação não havia sido feita. O comercio, que pertence ao vereador Anderson Braga Miranda, o Dinho da Farmácia, continuará fechado enquanto não forem feitas as adequações necessárias e cumpridas as exigências de limpeza e higienização do local, além da comprovação do pagamento de taxas. Nesta quarta-feira os agentes da Vigilância Sanitária de São João de Meriti deram segmento à Operação Pente-Fino nos estabelecimentos comerciais do município. Dois restaurantes foram autuados e notificados por irregularidades nas instalações e dois depósitos de laticínios foram notificados pela falta de documentação. "As operações vão continuar", avisa o superintendente do setor, Paulo Rodrigo.

E multa dois ex-prefeitos por contrato irregular com empresa de ônibus

Além de dívidas no total de cerca de R$ 100 milhões a prefeita de Paracambi, Lucimar Ferreira (PR) está com mais uma "batata quente" nas mãos. Ela vai ser comunicada nos próximos dias pelo Tribunal de Contas do Estado de que terá quatro meses de prazo para licitar as linhas municipais de ônibus, que atualmente são exploradas pela empresa Normandy do Triangulo, a partir de um contrato firmado em 2008, na gestão do prefeito Jairo dos Santos. O contrato foi considerado ilegal pelo TCE, que multou Jairo e o antecessor de Lucimar, o ex-prefeito Tarciso Pessoa, em R$ 19.199,40.

Em Santo Antônio de Pádua, concessionária pede a colaboração dos moradores.

A concessionária Águas de Pádua, responsável pelo sistema de água e esgoto do município de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, pede aos moradores da cidade que economizem água pelo menos nas próximas 24 horas. É que a capitação foi suspensa temporariamente por conta da redução do volume do Rio Pomba, devido à longa estiagem que atinge a região. O volume do Rio Pomba, por exemplo, baixou em um metro em dois dias, uma situação apontada com gravíssima. A empresa acredita que se a população colaborar não faltará água na cidade e espera poder regularizar o abastecimento até às 17h desta quarta-feira.

Isenção foi estendida aos cidadãos com 60 anos no município, mas empresa ignora

Concessionária das linhas municipais de ônibus em Magé, a empresa Iluminada, dos mesmos donos da Trel, não está cumprindo a lei municipal que reduz para 60 anos de idade a exigência para concessão do benefício da gratuidade no transporte público. Pelo menos é disso que tem reclamado moradores da cidade, que desde a divulgação da aprovação do dispositivo legal pela Câmara de Vereadores, em agosto, não estariam conseguindo viajar gratuitamente nos coletivos da Iluminada. De acordo com as reclamações, o acesso gratuito aos ônibus para as pessoas com idade entre 60 e 64 anos vem sendo negado pela empresa, que alega ser obrigada a cumprir apenas a lei federal que estabelece o limite de 65 anos.

Ações foram iniciadas ontem no bairro Guarajuba

Implantado pelo governo estadual com a finalidade de fazer a manutenção e limpeza dos leitos e margens dos corpos hídricos que cortam os municípios fluminenses, o programa Limpa Rio chegou ontem a Paracambi, começando pelo bairro Guarajuba. O rio que passa pela localidade não é limpo há dez anos e se torna uma ameaça no período de chuvas.  Executado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em parceria com a Prefeitura, o trabalho será estendido aos rios dos Macacos e Dr. Eiras.  Além do programa de prevenção a enchentes a prefeita Lucimar Ferreira revela que outras parcerias estão sendo firmadas com o governo estadual. O Limpa Rio visa também evitar a ocupação e construções irregulares nas margens de rios e canais, coibir o depósito irregular de lixo e entulhos nos leitos, reduzindo as causas de inundações e proliferação de doenças.