Repasses do FPM e Fundeb passaram de R$ 4,7 milhões em janeiro

 “Esse é um dos nossos compromissos assumidos e que honraremos durante a nossa gestão, pagar em dia o funcionalismo. Com isso, poderei cobrar dos nossos funcionários um bom atendimento para a população.” A declaração atribuída ao prefeito Jocelito Pereira de Oliveira, o Zelito Tringuelê (foto), foi veiculada em publicação do site oficial da Prefeitura de Guapimirim anunciando que o pagamento do mês de janeiro dos servidores do município estaria sendo feito no último dia 30. Entretanto, em mensagens enviadas ao elizeupires.com durante o dia de ontem (31) e a manhã de hoje (1), funcionários reclamam que o dinheiro ainda não teria caído em suas contas. Com a palavra o prefeito e o secretário de Administração, Ares Torres, para os devidos esclarecimentos.

E a uma comissão prefeito fala que salário de janeiro será pago no dia 7 de fevereiro

Vinte e quatro horas após o município ter perdido recurso impetrado no Processo 0050534-84.2016.8.19.0000, no qual o desembargador José Carlos Paes - da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro - confirmou a obrigação de a Prefeitura de Belford Roxo pagar os débitos em atraso com os servidores do setor de Educação, a Procuradoria do Município protocolou expediente no TJ informando que o salário de dezembro da categoria fora pago nesta terça-feira. Entretanto, gerando nova confusão, o prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, foi para as redes sociais dizer que havia antecipado o mês de janeiro. Só que para uma comissão de três professoras recebidas por ele, o prefeito disse que pagaria o salário deste mês no quinto dia útil de fevereiro. No expediente assinado pelo subprocurador Fabrício de Almeida, a administração municipal informa ainda que baixou decreto regulando o organograma de pagamento dos salários atrasados, tendo solicitado também a revogação da ordem de aresto das contas do município.

Operações continuam até março em novas localidades até março

Montado no início de janeiro pela Secretaria de Saúde, o plano municipal de combate ao mosquito aedes aegypti está levando ações efetivas a todos os bairros de Rio das Ostras. Além do trabalho de rotina, as equipes já visitaram mais de 11 mil imóveis. As ações incluem uma série de mutirões pela cidade e o objetivo é manter a cobertura de 100% do município. Os mutirões continuam até março, inclusive com atividades de educação em saúde e mobilização da população.

Prefeitura de Belford Roxo vai pagar todo o atrasado até outubro

Os salários de novembro, dezembro e o décimo terceiro dos servidores do setor de Educação de Belford Roxo deverão ser pagos entre fevereiro e outubro, junto com o vencimento de cada mês. Esta é a proposta do prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho (foto), que ainda não foi aprovada pela categoria, mas ele já deixou claro que será isto ou uma batalha judicial, porque a Prefeitura não tem dinheiro para quitar todo o débito de uma vez. Ontem a administração municipal divulgou que foi pago o mês de janeiro a todos os funcionários, inclusive os proventos dos aposentados e pensionistas, mas uma fonte do próprio governo afirmou agora a pouco que só os inativos da Educação teriam conseguido sacar o salário ontem. Quanto aos atrasados, duas parcelas serão pagas em fevereiro junto com o salário do mês e oito parcelas vão ser quitadas nos meses seguintes, sendo que o contracheque de abril virá também com o pagamento das férias. A proposta ainda vai ser analisada pelos profissionais de ensino através da representação local do Sindicato Estadual dos Profissionais em Educação (Sepe), mas a categoria foi avisada de que se o plano de pagamento não for aceito a Prefeitura vai judicializar a questão e provar na Justiça que não tem como fazer o pagamento de uma só vez.

Contrato ainda está em vigor, mas surge alerta sobre nova contratação

Um dos melhores negócios a ser feito com a Prefeitura de Guapimirim é o fornecimento de combustíveis. Se o governo deixar de pagar é só suspender o abastecimento que logo o prefeito muda de ideia e manda pagar, para que as ambulâncias e os veículos do transporte escolar não fiquem parados. Talvez seja por isso que fornecedores sediados até em municípios vizinhos estejam de olho no negócio e um deles já dá como certo o fechamento, embora ainda exista contrato em vigor e atas de registro de preços valendo até setembro deste ano, resultados dos pregões 45, 66, 67, 68, 69 e 70, vencidos pela empresa Parada Modelo Comércio e Indústria, no valor total de R$ 940.467,30. Por conta disto um cidadão precavido já teria registrado em cartório um documento com nome fantasia e razão social do possível futuro fornecedor com a finalidade de fazer prova na Justiça do que poderia ser classificado no mínimo como privilégio.