Os festejos aconteceram hoje em todo o estado

Como tradicionalmente ocorre no dia 23 de abril, uma multidão saiu às ruas do Rio de Janeiro nesta segunda-feira para manifestar devoção à São Jorge. A data é feriado estadual e os fiéis organizam festejos em diversos pontos da capital, onde os enfeites colorem as vias de vermelho e branco. A mais popular ocorre em Quintino, na zona norte. Ali, a Paróquia de São Jorge realiza missas de hora em hora. Às 10h, a celebração foi conduzida pelo bispo Dom Orani João Tempesta. 

Localizado no Rio, o espaço será modernizado e vai receber mais acervos

Acervos dedicados da história da exploração e produção de petróleo e gás no Brasil vão ser incorporados ao Museu de Ciências da Terra (MCTer), no Rio. Parceria nesse sentido   foi firmada pela Petrobras com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). O acordo prevê também a ampliação e modernização do museu, além da construção de um Centro de Referência em Geociências, com a instalação de laboratórios de alta performance voltados para pesquisas geológicas e análises geoquímicas.

Encenação será iniciada em igreja e encerrada em praça pública

A Paixão de Cristo será encenada nesta sexta-feira pela Cia de Teatro Cristã Adorart, a apresentação, marcada para as 19h30, será a 8ª exibição do grupo. O espetáculo - que reúne cerca de 300 pessoas entre atores principais, figurantes e produção - começa dentro da Igreja da Nova Vida, em Heliópolis e termina na praça do bairro. A realidade na interpretação mexe com o público.  A cena de Cristo espancado pelos soldados na via-crucis é acompanhada por uma multidão que grita, chora e pede por clemência, numa interação como os atores. O evento é promovido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura. "Este ano estaremos gravando nosso primeiro DVD e não vai faltar emoção", avisa Jefferson Alencar, diretor da Cia. O ator aproveita e pede ao público que comparecer para levar um quilo de alimento não perecível. "Vamos encaminhar o que for arrecadado às famílias cadastradas nos programas sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania", completa.

Acesso às exposições podem ser feitos através do  Google Arts & Culture

Uma parceria entre o Banco do Brasil e o Google Cultural Institute está levando para o mundo inteiro o acervo fixo e de exposições temporárias dos quatro CCBBs, os centros culturais do banco. Isso tornou-se possível a partir do aplicativo do Google Arts & Culture, disponível para Android e iOS. Através dele o usuário pode visualizar algumas exposições de sucesso realizadas nos Centros, além de fazer visitas virtuais pelas instituições, passeios em realidade virtual e obras capturadas pela Art Câmera do Google, um equipamento que registra imagens com tamanha qualidade, que permite que seus detalhes invisíveis sejam vistos a olho nu. Basta fazer o download do aplicativo.

Fazendo uma crítica ao modelo atual e ao corte de recursos para as escolas,  Mangueira apresenta o carnaval da liberdade

Enredo da escola é uma crítica ao modelo atual

Com dinheiro ou seu dinheiro, eu brinco. Esse é o enredo que a Mangueira vai levar para a Marquês de Sapucaí este ano. Além de uma crítica ao corte de recursos repassados às escolas de samba pela Prefeitura do Rio, a Verde e Rosa vai trazer de volta um carnaval popular do tempo em que o apoio financeiro não era condição principal para a alegria do folião – nem na rua, nem nos desfiles, desde o seu início, nos anos 30 na Praça Onze, e depois na Avenida Presidente Vargas (no Centro), até chegar à Marquês de Sapucaí, nos anos 80.