Restauração da Fazenda do Brejo vai ser discutida em audiência pública

Propriedade de marquês, conde e comendador, a Fazenda do Brejo – localizada em parte das terras onde está a Universidade Abeu – é o berço da história de Belford Roxo, que começou a se desenvolver graças ao engenho de açúcar que nela funcionava. Hoje, o que resta da propriedade é um acervo arquitetônico que há anos está para ser restaurado, mas a ideia nunca chegou a ser colocada no papel. Agora, 202 anos depois da construção da sede da fazenda, a Prefeitura quer debater com a sociedade um projeto de revitalização que visa transformar o que dela resta em um centro cultural, um espaço para exposições permanentes, onde o passado e o presente possam se encontrar, “um aglomerado de bem estar, saúde, meio ambiente, lazer, cultura, história e turismo”, como define Flávio Gonçalves, secretário de Meio Ambiente.

Exposição da obra do “profeta” vai até junho

Se em vida estivesse, José Datrino (foto) teria completado 100 anos no dia 11 de abril. Assim, pelo nome de batismo, só mesmo seus familiares, os mais chegados e os motoristas de sua frota de caminhões sabiam de quem se tratava. Para o Rio de Janeiro ele foi o Profeta Gentileza, um ser iluminado que circulava pelo centro da cidade a semear mensagens de amor, paz e esperança. Para marcar o ano do centenário de Datrino a Agência Trinity, com apoio do MetrôRio e do Instituto Invepar, está promovendo a exposição “Gentileza faz 100 anos”. A mostra já passou pela estação São Conrado e deste sexta-feira está na estação Coelho Neto, onde permanecerá até o dia 25. Depois a exposição desembarcará nas estações Central (de 26 de maio a 8 de junho) e Jardim Oceânico (9 a 23 de junho. Além de obras já conhecidas, a mostra apresenta ao público material inédito do artista e expõe mensagens gentis e reflexivas aos usuários do MetrôRio. São 13 painéis e um totem interativo.

As visitas acontecem sempre aos sábados e são agendadas para acontecerem de 15 em 15 dias (Foto: Clarice Castro)

Desde a restauração 3,5 mil pessoas já participaram da visita guiada

Construído em 1853, o Palácio Guanabara é um dos edifícios históricos mais importantes do país. A sede do governo do estado do Rio de Janeiro passou por uma ampla restauração e hoje integra o roteiro turístico da capital fluminense, com visitas guiadas que acontecem de 15 em 15 dias, em três horários (9h, 10h e 11h), sempre aos sábados. Desde o fim das obras que foram custeadas pela iniciativa privada, o palácio recebeu mais de 3,5 mil visitantes em seus tours.

Dona do restaurante O Navegador, no Rio, a chef Teresa Corção diz que as práticas ambientalmente adequadas no campo são parte importante das estratégias para exercer sua profissão (Foto: Aline Proença)

Evento começa hoje no Pier Mauá

A gastronomia sustentável tem sido cada vez mais defendida por chefs renomados do país e do exterior. A prática, que nada mais é do que utilização racional de alimentos orgânicos e com baixo impacto socioambiental, busca valorizar o protagonismo dos agricultores familiares na produção de alimentos saudáveis e suas relações afetivas com a terra. Os chefs adeptos dessa gastronomia priorizam os produtos da época cultivados em locais próximos, respeitando a sazonalidade das lavouras, reduzindo gastos e a emissão de gases de efeito estufa com o transporte.

As marcas inovaram combinando forte aroma de malte torrado e sutil dulçor ao teor alcoólico de 7,60%

Petra Porter, Kristall Weizen e IPA são as novidades das duas marcas Salão Internacional de Cervejas Especiais que acontece de 12 a 16 de outubro no Pier Mauá

As cervejas Black Princess e Petra marcam presença pelo segundo ano consecutivo no Mondial de la Bière Rio de Janeiro. Para esta edição, os mestres cervejeiros da Black Princess criaram duas novidades: a Kristall Weizen e IPA. Além dos dois novos sabores, a marca leva as tradicionais Black Princess e Black Princess Gold, totalizando quatro rótulos, que serão servidos como chope.  Já a Petra terá um rótulo criado especialmente para o Mondial de la Bière: a Petra Porter (de cor marrom profundo, forte aroma de malte torrado e sutil dulçor (toffee), combinados ao teor alcoólico de 7,60%, corpo e notas aromáticas de frutas secas como ameixa e uva passa.