O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, Carlos Eduardo da Fonseca Passos (foto), confirmou para 28 de outubro - junto com o segundo turno da votação para governador e presidente da República - as eleições suplementares para escolha de prefeitos e vices nos municípios de Aperibé, Iguaba Grande, Laje do Muriaé e Mangaratiba, cidades que tiveram os governantes eleitos em 2016 cassados por prática de ilegalidades durante a campanha. As resoluções foram publicadas nesta quarta-feira numa edição extra do diário oficial eletrônico da Justiça Eleitoral. Pelo que foi definido, poderão lançar candidatos todos os partidos registrados nesses municípios até o dia 28 de abril deste ano e poderão votar todos os eleitores que tiverem feito inscrições até 9 de maio. Porém, o prazo estabelecido para as convenções partidárias é muito curto: devem ser feitas entre sábado (11) e segunda-feira (dia 13).