Em decisão unânime tomada a pouco o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro impugnou a candidatura de Anhtony Garotinho (PRP) ao governo do estado. O colegiado acolheu pedido do  Ministério Público Eleitoral (MPE), que contestou a candidatura, com base numa condenação do Tribunal de Justiça de desvios de R$ 234,4 milhões na Saúde entre 2005 e 2006, quando ele era secretário. A defesa do político já anunciou que vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.