Segundo o Datafolha feita nesta terça-feira o petista é rejeitado por 41% dos eleitores

 

Além de ter parado de crescer nas pesquisas de intenção de votos, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, está encostando no líder da preferência dos eleitores, Jair Bolsonaro, mas no quesito rejeição. É o que mostra a nova pesquisa do Datafolha divulgada a pouco pela TV Globo. O petista que está estagnado com 21% da preferência dos eleitores, tem um índice de rejeição de 41%, 4% a menos com Bolsonaro, que agora conta com 32% das intenções de voto. A situação do candidato do PSL também é diferente da verificada nas simulações de segundo turno feitas antes. Nessa análise ele aparece tecnicamente empatado com Haddad, Ciro Gomes e Geraldo Alkmin.

Na pesquisa de hoje – que está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-03147/2018 –, Ciro Gomes tem 11%, tecnicamente empatado com Alkmin, que aparece com 9% dentro da margem de erro, que é de dois pontos para cima ou para baixo. Já Marina Silva (Rede) caiu para 4%, seguida de João Amoêdo (Novo), com 3%; Henrique Meirelles (MDB), Alvaro Dias (Podemos) e Cabo Daciolo (Patriota), com 2%, enquanto que os  candidatos Vera Lúcia (PSTU), Guilherme Boulos (PSOL), Eymael (DC) e João Goulart Filho (PPL) não pontuaram.