Este será o terceiro concurso público realizado pela administração municipal de Guapimirim em quatro anos

Estão sendo oferecidas 370 vagas para candidatos com formação de níveis médio e superior

Com provas objetivas marcadas para os dias 3 e 4 de setembro, a Prefeitura de Guapimirim estará inscrevendo até o dia 5 de agostos no concurso público aberto para preencher 395 vagas de níveis médio e superior em vários setores da administração municipal. Ao contrário do concurso de 2014, o novo processo seletivo terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois se o governo achar necessário. A taxa é de R$ 70 para os cargos de nível médio e R$ 100 para as funções de nível superior e as inscrições podem ser feitas no site www.incpconcursos.org.br.

*O edital completo e o cronograma do certame podem ser baixados através dos links disponíveis no segundo parágrafo desta matéria.

 

Do processo seletivo realizado em 2014, até o dia 15 de abril do ano passado a Prefeitura havia feito 10 convocações e chamado 475 classificados, sendo 132 além do número de vagas imediatas oferecidas no edital. Na avaliação feita sobre processos seletivos realizados no estado do Rio de Janeiro nos últimos dez anos a tramitação do último concurso de Guapimirim foi apontada como a mais ágil, acelerando as convocações e as substituições de candidatos desistentes, mesmo procedimento adotado em relação ao certame de 2012, quando também foram chamados candidatos além do número de vagas imediatas.

Atualmente existem pendências sobre concursos realizados pelos municípios de Belford Roxo, São João de Meriti, Queimados, Seropédica, Itaguaí, Petrópolis, Iguaba Grande e Araruama. Além disso, em todo o estado, nos últimos dez anos 12 processos seletivos caducaram sem que sequer a metade das vagas imediatas oferecidas em seus editais tivesse sido preenchida. Em Magé, por exemplo, um concurso realizado na gestão da prefeita Narriman Zito foi anulado e vários convocados em processo seletivo realizado em Guapimirim na administração do prefeito Ailton Vivas foram demitidos, pois foi comprovado na Justiça a furada de fila e a inclusão de pessoas que sequer tinham participado do certame.

 

Documentos relacionados:

Edital

Cronograma

Comentários  

0 #1 Juliana 07-07-2016 06:13
Esse concurso terá validade visto que está sendo realizado em período eleitoral? Não será apenas um meio para arrecadação de dinheiro? O novo prefeito poderá anular legalmente o concurso público pela época em que ele ocorreu?
Citar
+1 #2 Moderador 07-07-2016 10:49
Citando Juliana:
Esse concurso terá validade visto que está sendo realizado em período eleitoral? Não será apenas um meio para arrecadação de dinheiro? O novo prefeito poderá anular legalmente o concurso público pela época em que ele ocorreu?

Bom dia. Não há nenhum impedimento quanto a realização de concurso em ano eleitoral, Os processos seletivos de ampla concorrência pode ser feitos em qualquer tempo. O que muda em período de eleição é relacionado a convocação, No caso de certames realizados em 2016, se o resultado final tiver sido homologado até o dia 2 de julho as chamadas podem ser feitas em qualquer momento. Nos em andamento, como o de Guapimirim, as convocações só poderão ser feitas pelos prefeitos que entrarem em 1º de janeiro de 2017. Sobre anulação de um concurso, esta só pode ocorrer se constatada irregularidade que possa ter contribuído para afetar o resultado final.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar