A região é formada por Paracambi, Seropédica, Japeri, Queimados, Nova Iguaçu, Mesquita, Belford Roxo, Nilópolis, São João de Meriti, Duque de Caxias, Magé e Guapimirim

A regularidade está nos municípios de Magé, Queimados e Japeri

Dos doze municípios que formam a Baixada Fluminense apenas Magé, Queimados e Japeri estão conseguindo manter os compromissos com os servidores em dia, inclusive com os ocupantes de cargos comissionados. A situação mais preocupante é verificada em Belford Roxo, onde o salário dos professores efetivos deverá ser pago amanhã, mas há casos de profissionais que não recebem desde maio, situação dos permutados e das diretoras de escolas. Estas estão indo para o quarto mês sem ver a cor do dinheiro, mesmo situação dos nomeados em cargos de confiança em todas as secretarias que formam a administração municipal.

No município de Paracambi (que tem uma das gestões menos transparentes no estado do Rio de Janeiro), onde o prefeito Tarciso Pessoa (PT) não mostra as contas de jeito nenhum, o governo usou as redes sociais para pedir a compreensão dos funcionários, mas até o final do expediente de sexta-feira não havia fixado um prazo para quitar os salários.

Até maio os profissionais de ensino das redes municipais da Baixada Fluminense eram os únicos que vinham recebendo os salários dentro do prazo estabelecido, isto por causa dos repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

Pela lei as prefeituras podem usar o mínimo de 60% para os salários e o máximo de 40% do total recebido na manutenção do setor, mas os repasses vêm caindo assustadoramente e mesmo os prefeitos usando o Fundeb em sua totalidade o total recebido não cobre a folha de pagamento da Educação. No caso de Belford Roxo, por exemplo, os repasses do Fundeb somaram R$ 12.134.539,19 em maio, caiu para R$ R$ 10.154.943,20 em junho e desceram ainda mais no mês passado, ficando em R$ 9.759.609,77.

Comentários  

0 #1 suruiense 15-08-2016 10:31
O pagamento em Mage está em dia graças a administração pública efetuado pelo Senhor Prefeito Nestor Vidal. Hoje Mage tem em suas finanças o compromisso com o servidor.
Citar
0 #2 Ana Luiza 15-08-2016 10:39
Citando suruiense:
O pagamento em Mage está em dia graças a administração pública efetuado pelo Senhor Prefeito Nestor Vidal. Hoje Mage tem em suas finanças o compromisso com o servidor.

E quem disse o contrário?
Citar
+1 #3 fernanda coelho 15-08-2016 13:54
E quanto a Sao Joao . Os salarios estao atrasados
Citar
+1 #4 Vidal 15-08-2016 18:03
Não faz mais que a obrigação! Porém os servidores estão sem receber as férias! Também uma violação de direitos!
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar