Professores esperaram em vão até o último dia útil de 2016

Até às 18h da última sexta-feira os profissionais da rede municipal de ensino ainda acreditavam que receberiam os vencimentos de novembro. Sem o décimo terceiro, a categoria, a exemplo dos demais servidores do município de Belford Roxo, teve um Natal de mesa vazia, o que estimulou a solidariedade: cestas básicas foram preparadas com doações conseguidas por vários grupos para amenizar a situação no réveillon, o que não sensibilizou em nada ao prefeito Dennis Dauttmam (foto), que havia jurado que pagaria o mês de novembro no dia 29 de dezembro e não o fez. Ontem uma fonte ligada à gestão anterior revelou que o não pagamento pode ter sido resultado de um acordo velado para que o novo prefeito o fizesse logo nos primeiros dias do seu governo e se apresentasse como bonzinho para os professores. Lideranças da categoria já disseram que dificilmente o ano letivo será iniciado sem a garantia de que os salários sejam pagos em dia daqui para frente.

Os professores tiveram informações que outras categorias e alguns ocupantes de cargos comissionados teriam recebido até o décimo terceiro, o que ninguém da equipe do ex-prefeito confirmou. Em alguns setores, o atraso é de quatro meses e há ocupantes de cargos comissionados que não recebem desde abril. Estes não deverão receber um centavo sequer, pois o prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho (PMDB) já havia dito que não pagaria a nenhum comissionado.

No dia 27 o então prefeito falou ao elizeupires.com que tem uma boa relação com Waguinho e que o havia atendido em várias situações no governo. Prometeu que honraria o compromisso de pagar os professores e até afirmou que o dinheiro necessário estava garantido para o dia 29 de dezembro, mês que o município recebeu R$ 12.023.848,50 do Fundeb e R$ 11.078.413,94 do Fundo de Participação dos Municípios, repasses que superaram os valores de novembro: R$ 12.006.238,83 do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação e R$ 7.086.815,94 do FPM.

Share

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar