Prefeitura não informa nada. Nem adianta perguntar...

Quanto custa a limpeza urbana de Nilópolis, qual a empresa encarregada do serviço? E na Educação, como vem sendo gasto os recursos repassados, quem fornece a merenda escolar e quanto o município está pagando por isso? Onde, em que e como são aplicados os repasses mensais do Fundo Nacional de Saúde? Essas perguntas seriam desnecessárias se o prefeito Farid Abrão David (foto) resolvesse respeitar a lei de acesso a informação, disponibilizando os dados sobre as receitas e as despesas de sua gestão. Já se passaram quatro meses desde a sua posse e até agora Farid não revelou conta alguma e oculta tudo com a complacência da Câmara de Vereadores, que não faz nenhuma cobrança nesse sentido e também esconde os seus gastos.

Os repasses intergovernamentais do primeiro quadrimestre somam mais de R$ 38 milhões, sem contar as transferências do Fundo Nacional de Saúde e convênios, mas torna-se impossível fazer o controle social, porque todas as informações são mantidas em segredo.

O Portal da Transparência até existe, mas nele só tem registros da administração anterior. Perguntar ao governo sobre as licitações já feitas este ano e sobre os gastos feitos com dispensa de licitação soa como ofensa. Nenhuma pergunta tem resposta. É como se o município tivesse um dono e ninguém tem que saber o que é feito com o dinheiro público.

Comentários  

-1 #1 Simplesmente Zé 10-05-2017 08:04
Mostrar as contas para quê? O povo aqui não reclama. Tem medo da ditadura dos Abrão.
Citar
0 #2 Eu 10-05-2017 08:07
O negócio aqui é carnaval o ano inteiro. O povo quer é folia. O resto que se dane.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar