Empresa de ex-deputado do PDT não precisaria ser contratada

O Processo Administrativo 1484/2017 aberto para contratação de uma nova empresa para fazer a manutenção e a ampliação da rede de iluminação pública – homologado no dia 17 de abril pelo prefeito Jocelito Pereira de Oliveira, o Zelito Tringuelê (foto) em favor da Ad-Hoc Serviços e Empreendimentos, no valor de R$ 2.556.751,20 –, não precisaria ter acontecido porque ainda está em vigor o Pregão Presencial 0034, realizado em junho do ano passado com o mesmo objeto para o qual a empresa União Soluções em Serviços Indústrias foi contratada. A União, inclusive, já recebeu R$ 815 mil e ainda tem a seu favor uma nota de empenho no valor de R$ 342.771,66, com vencimento em 20 de maio deste ano.

Conforme o elizeupires.com já noticiou, a Ad-Hoc aparece nos registros da Receita Federal como sendo do ex-deputado estadual pelo PDT (mesmo partido do prefeito de Guapimirim), Ricardo Martins David, conhecido nos meios políticos como Ricardo Abrão. Tanto é verdade que a licitação 2016 ainda vigora, que no dia 18 de janeiro a Prefeitura emitiu a favor da União Soluções uma nova nota de empenho, essa no total de R$ R$ 729.213,79, com a seguinte justificativa: “1º termo aditivo ao Contrato nº 35/2016, para pagamento de serviços de manutenção e ampliação da rede pública compreendendo todos os materiais de consumo necessários e equipamentos adequados à execução dos trabalhos, para atender a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, conforme solicitação de empenho e parecer da controladoria geral as fls. 426 a 429 - pregão presencial nº 0034/2016 processo nº 2210/16”.

Nesse caso o governo – que ainda não se pronunciou sobre o assunto – não pode nem dizer que são objetos distintos, pois a nova licitação foi aberta com o mesmo objetivo: “prestação de serviço em manutenção e ampliação da rede de iluminação pública, compreendendo todos os materiais de consumo necessários e equipamentos adequados à execução dos trabalhos”.

 

Matéria relacionada:

Ex-deputado ganha licitação de R$ 2,5 milhões em Guapimirim

Share

Comentários  

0 #1 Dalva 15-05-2017 18:08
Os moradores da cidade merecem obter solução sobre esses CONTRATOS.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar