A empresa que vendeu mais de R$1 milhão para Seropédica tem como sede uma papelaria localizada em Japeri

Quem for à loja 5 do número 1380 da Rua Alexandre Castanheira, na Vila Tinguá, em Queimados e procurar pela empresa MC Ângelo da Silva - uma das principais fornecedoras da Prefeitura de Seropédica - vai encontrar um salão de beleza, embora esse seja o endereço informado nos seis contratos firmados com a administração municipal. Porém, se o interessado se basear pela ata de registro de preços 008/2017, homologada para a compra de material de sinalização de trânsito, com valor global de quase R$100 mil, vai deparar com uma papelaria. É que pelo que consta no documento a MC está sediada na Praça Olavo Bilac, 8, Engenheiro Pedreira, no município de Japeri, onde o que está à venda são lápis, canetas, cadernos e mochilas escolares, embora a empresa tenha sido escolhida até para transportar água em caminhões pipas, fornecer produtos químicos, material de limpeza e de expediente, tendo faturando mais de R$1 milhão sem licitação.

Essa não é a única papelaria a ter contrato com a Prefeitura de Seropédica para fornecer produtos estranhos ao comércio do ramo. Em fevereiro o elizeupires.com revelou um contrato emergencial firmado em setembro do ano passado com a empresa Silveira MP Comércio e Serviço, uma papelaria localizada em Miguel Pereira, que foi contratada por R$607.044.12 por quatro meses de fornecimento de produtos hortifrutigranjeiros para a merenda dos alunos da rede municipal de ensino.

Aberta em maio de 2015, a MC Ângelo teve quatro contratos assinados em um único dia. Em 16 de fevereiro de 2017 foram firmados os contratos 005, 006, 007 e 008 para a venda de materiais de expediente, produtos químicos para limpeza de piscina e material de limpeza para as secretarias de Educação e Saúde, no valor global de R$963.372,22. No dia 24 do mesmo mês foi assinado o contrato 011 (R$97.433,94) para fornecimento de material de limpeza à Secretaria de Saúde e no dia 26 de maio o contrato 017-A, para o abastecimento de água em caminhão pipa, por R$3.801,60.

Sete meses depois a papelaria venceu uma licitação de R$99.952,00 para fornecer material para sinalização de trânsito, entre eles cones emborrachados, barreiras em polietileno e cilindros canalizadores, produtos incomuns em uma loja de artigos escolares, como a MC Ângelo – que usa o nome fantasia Casa do Estudante – se propõe ser.

Matéria relacionada:

Educação de Seropédica compra merenda em papelaria

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar