Programa é sucesso em hospital da Baixada Fluminense

Com o objetivo de intermediar e acompanhar as visitas dos avós aos bebês internados na UTI Neonatal da unidade, a equipe de psicologia do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, criou o 'Grupo dos Avós'. A ideia é oferecer apoio psicológico aos avós, mas o trabalho do grupo acaba por desempenhar um papel importante na recuperação dos pequenos pacientes. Sob o lema 'Cuidar de quem cuida', a equipe atendeu cerca de 500 familiares no pano passado, com atividades como rodas de conversa, grupo terapêutico, interação para troca de experiências e orientações de profissionais do HEAPN.

Todas as quintas-feiras, das 13h30 às 15h é feito o trabalho em grupo, dividido em três etapas: a primeira acontece no auditório da maternidade e consiste em ouvir as vivências e anseios dos avós, dando suporte emocional. A segunda etapa é mais técnica, onde são explicadas as regras e procedimentos que devem ser seguidos dentro da UTI no horário da visita, e a última é o momento onde acontece a visita dos avós aos bebês.  "É importante perceber que os pais dos bebês que estão internados estão muito fragilizados, portanto, estabelecer um acolhimento e uma base para esses avós é primordial para o apoio a esses pais e, consequentemente, aos bebês", explica a coordenadora de psicologia do hospital, Karla Peres.

Os familiares dos recém-nascidos da unidade que quiserem participar da ação devem procurar o serviço de psicologia do HEAPN.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar