Pelo que está em seu cadastro  a empresa funcionaria no número 28 da  Rua Antonio Gomes de Macedo porem...

Empresa de prestação de serviços já faturou R$ 4,7 milhões 

Sucessora da firma KM de Resende nos serviços de varrição e capina das ruas de Itatiaia, a Real Itatiaia Construtora, segundo consta no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, está sediada no número 28 da Rua Antonio Gomes de Macedo, no centro da cidade, mas quem passa por lá depara com uma mercearia e um portão de madeira semelhante ao de uma garagem, sem nenhuma placa indicando que ali funciona um empresa de porte. Esse detalhe, entretanto, não impede a firma de faturar alto junto à Prefeitura nem desperta nos membros da Câmara de Vereadores a curiosidade sobre a localização da prestadora de serviço e os veículos usados. Aliás, omissão é a palavra que nomina a postura do Poder Legislativo diante das denúncias de tráfico de influência, falsidade ideológica e fraude em licitações em relação a um contrato firmado com a KM para os mesmos serviços, feitas em outubro de 2014 e que resultaram em nada.

A Real Itatiaia foi contratada para substituir a KM de Resende no dia 2 de janeiro de 2015, pouco mais de dois meses após o elizeupires.com ter revelado que a contratação da antecessora se deu três meses antes de o secretário de Fazenda do município, José Roberto Ferreira Domingos - atuando como contador particular da empresa - fazer o redirecionamento do ramo de atividades da KM, além de ter figurado como testemunha da alteração contratual. A empresa passou a exercer atividades de limpeza urbana e aluguel de máquinas, mudança que amparou sua contratação por parte da Prefeitura.

Embora tenha sucedido a KM  de Resende em janeiro de 2015, a Real Itatiaia tem contratos com a administração municipal desde 2010, já tendo recebido mais de R$ 4,7 milhões dos cofres da municipalidade, graças a seguidos termos aditivos, dois deles assinados pelo prefeito Eduardo Guedes, o Dudu,  assegurando a renovação de contratos sem a abertura de novos processos licitatórios.

Documentos em poder do elizeupires.com revelam que em 2010 a Real recebeu R$ 405.341,37 da Prefeitura de Itatiaia e R$ 284.441,30 no ano seguinte. Em 2012 o faturamento foi de R$ 361.710,28, caindo para R$ 160.523,02 em 2013 e chegando a R$ 480.904,11 em 2014. Já em 2015, quando assumiu os serviços antes a cargo da KM de Resende, a Real Itatiaia faturou R$ 994.403,38 e mais R$ 761.664,12 em 2016, passando para R$ 909.484.41 em 2017. Este ano, mostram os documentos, foi pago até à terceirizada até o dia 7 de maio, o total de R$ 354.716,39.

 

Matéria relacionada:

Tudo junto e misturado em Itatiaia

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar