Advogado e o ex-juiz são sócios em escritório que defende interesses de empresa ligada ao Mário Peixoto, empresário citado em delação premiada

 

O advogado Lucas Tristão foi anunciado nesta terça-feira (13) pelo governador eleito do Rio, Wilson Witzel para comandar a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda. Tristão e Witzel são sócios em um escritório no Espírito Santo, banca de advocacia que representa a Atrio Rio, empresa que terceiriza mão de obra para órgãos estaduais e é controlada pelo grupo do empresário Mario Peixoto, citado na delação do filho ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, Jonas Lopes, o advogado Jonas Lopes de Carvalho Neto.

De acordo com revelação do jornal Folha de São Paulo, o governador eleito se associou a Lucas Tristão durante a campanha, quando este passou a representar a Atrio Rio em uma ação judicial relacionada a processo licitatório na Secretaria Estadual de Saúde.

Em delação ao Ministério Público Federal, Jonas Lopes de Carvalho Neto, contou que Mario Peixoto era responsável pelo pagamento de  R$ 200 mil mensais em propina a conselheiros do TCE responsáveis pela aprovação das contas das Organizações Sociais (OS) contratadas pelo estado.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar