Convocação está assegurada em acordo judicial já homologado

 

Os candidatos aprovados dentro do número de vagas imediatas oferecidas no concurso público realizado pela Prefeitura de Japeri em 2016 serão convocados e empossados até o dia 30 de janeiro. Acordo neste sentido foi firmado pelo prefeito Cezar Melo (foto) no âmbito da ação civil  0004660-84.2017.0083, movida pela Defensoria Pública em favor dos inscritos no certame. O acordo foi homologado pelo juiz da 2ª Vara, Leopoldo Heitor de Andrade Mendes Junior. Melo se comprometeu tornar sem efeito um decreto emitido pelo prefeito afastado Carlos Moraes Costas, que resolveu anular o concurso e preencher as vagas com contratados temporários, a maioria de candidatos reprovados no processo seletivo de ampla concorrência.

No concurso de 2016 foram oferecidas 214 vagas em cargos de nível fundamental e médio, com salários base entre R$ 880 a R$ 1.089,53. As provas foram aplicadas no início de dezembro para cerca de sete mil inscritos e o resultado final homologado pelo prefeito Ivaldo Barbosa de Souza, o Timor. Os aprovados dentro do número de vagas imediatas ficaram revoltados com a anulação do certame e com o fato de as funções para as quais concorreram terem sido preenchidas por indicados de vereadores e amigos do governo através de um processo simplificado. Foi decidido ainda que os temporários que estiverem exercendo funções oferecidas no certame serão substituídos pelos classificados.

Ao todo foram classificados dentro do número de vagas imediatas 40 auxiliares de serviços gerais, 30 merendeiras, 30 agentes administrativo, 25 agentes educador, 20 inspetores de alunos, 20 vigias, 20 secretários escolar, 10 pedreiros, 10 motoristas, três bombeiros hidráulicos e seis pintores.

Pelo que foi definido no acordo o prefeito se compromete, no prazo de 72 horas, "revogar o decreto revogatório do concurso", "convocar, nomear e dar posse a todos os candidatos aprovados e classificados dentro do número de vagas do concurso decorrente do Edital 001/2016 até o dia 30 de janeiro de 2019, bem como àqueles cargos ocupados por contratados temporários para as funções".

Quanto aos cargos de pedreiro, bombeiro hidráulico e pintor, as vagas terão de ser preenchidas pelos concursados até o dia 28 de dezembro, caso existam contratados temporários atuando nelas. Além disso, os classificados fora do número de vagas imediatas terão de ser chamados caso a Prefeitura decida, no futuro, abrir um novo processo seletivo simplificado para funções para as quais existam aprovados.

 

Matérias relacionadas:

Japeri vai por temporários em vagas de concursados

Japeri inscreve para processo seletivo a partir de segunda-feira

Reprovados em concurso são os primeiros colocados em Japeri

Seleção simplificada em Japeri vai parar na Justiça

 

Comentários  

0 #1 Rosileine 06-12-2018 12:06
Boa tarde
gostaeia de saber como faço para acompanhar a convocação dos classificados?
Citar
0 #2 Rosileine 06-12-2018 12:07
Quero acompanhar a convocação dos classificados.. .pois passei na prova
Citar
0 #3 Naor Souza Santos 08-12-2018 09:33
Parece que o prefeito não cumprirá o acordo assinado perante o juiz Leopoldo, pelo menos no que diz respeito as vagas dos contratos temporários ( vacância)
obs: veja o diário oficial de 30 de novembro
Citar
0 #4 Cristiane de Souza 08-12-2018 09:35
Pois é, acordou uma coisa e publicou outra no diário oficial. Pelo Diário só chamará o número de vagas do concurso e não a necessidade real do município, sobrando as famosas vagas dos "amigos".
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar