Alair é acusado de desviar recursos da Associação dos Fiscais do Município

 

Inelegível e respondendo a pelo menos três ações por ato de improbidade administrativa, o ex-prefeito de Cabo Frio Alair Corrêa foi denunciado agora por peculato. De acordo com o Ministério Público, entre 2015 e 2016, o ele desviou recursos referentes às contribuições dos integrantes da Associação dos Fiscais do Município, que deveriam ter sido depositados na conta da entidade, para o pagamento de servidores do município.

O Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção apurou que o desvio foi de R$ 25.410,00 e que o então prefeito agiu "em conjunto com o ex-secretário municipal de Fazenda, Axiles Francisco Correa". Pelo que foi apurado os valores eram descontados do pagamento dos fiscais, mas não eram repassados à entidade.

Alair foi denunciado com base no artigo 312 do Código Penal, "apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio".

Na ação o Ministério Público está requerendo o recolhimento do passaporte do ex-prefeito para evitar que ele deixe o país.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar