Diogo Balieiro Diniz estaria "acomodando" aliados do ex-prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto. Povo que saber "onde está o Rafael"

 

As "tumbas" da Prefeitura de Resende começaram a se mexer esta semana e a aparição de um suposto fantasma nomeado pelo prefeito Diogo Balieiro Diniz (foto), desde janeiro de 2017, anda deixando o moço de cabelo em pé e a população para lá de revoltada. O "espectro" estaria recebendo cerca de R$ 7 mil mensais sem dar as caras na prefeitura, pelo menos é o que se conclui com as afirmações de funcionárias das secretarias do Governo, Educação e Administração, ouvidas pela equipe de reportagem do programa TV Alerta, da Band Interior, comandado pelo jornalista Serginho Mauro, que denunciou o caso – elas disseram desconhecer o misterioso assessor. Para piorar a barra de Balieiro, acostumado a propagandear "moralidade" nas redes sociais, Rafael Rego de Paiva, o suposto fantasma, seria morador de Volta Redonda e integraria a base de apoio de Antônio Francisco Neto, que teria sitiado uma ala da Prefeitura de Resende.

O escândalo caiu como uma bomba na cidade do Sul Fluminense já que o chefe do Executivo é taxado de "traidor" por diversos representantes de partidos, que integraram a base de apoio de Balieiro durante a eleição de 2016 e acabaram ficando de fora do governo.

Entre os servidores concursados, a notícia também teve repercussão negativa já que eles tiveram que amargar melancólicos 3% de reajuste salarial, o que pode ser considerado uma merreca se comparado aos quase R$ 30 milhões que o prefeito afirma ter em caixa e as promessas de campanha, em que ele afirmava que iria valorizar a categoria. Valorização que acabou sendo direcionada para os Cargos Comissionados, com uma "reforma administrativa" milionária emplacada por Balieiro em 2017, que acabou inchando a folha de pagamento, inclusive para custear os vencimentos gordos de diversos parentes do prefeito, alguns inclusive com salários de quase R$ 14 mil por mês. E como o prefeito parece não estar disposto a por fim na mamata dos cargos comissionados, resta saber onde está o Rafael.

Comments are now closed for this entry