De um orçamento de R$ 5,4 milhões previsto para este ano a Câmara de Vereadores de Japeri destinou R$ 300 mil para cobrir despesas com "serviços tecnológicos de informática" e já gastou com isso R$ 79 mil, mas ainda assim está faltando informações no Portal da Transparência, no qual deveriam estar disponíveis os contratos firmados pela Casa, bem como dados sobre as licitações. A falta de transparência com os gastos públicos não é novidade no Poder Legislativo da cidade mais pobre da Baixada Fluminense, que já custou este ano mais de R$ 1,4 milhão, sem que as despesas estejam publicadas de forma clara no site oficial.

Em janeiro as despesas da Câmara de Japeri (confira aqui) somaram R$ 376.491,42 em janeiro, sendo R$ 17.161,21 com “serviços tecnológicos de informática”. Em fevereiro a soma foi de R$ 367.853,07, mês em que os com"serviços tecnológicos de informática"  custaram R$ 19.379,93. No mês seguinte os gastos totais caíram para R$ 361.197,77 (R$ 22.338,08 com informática) e em abril o total foi de R$ 359.095,78, R$ 20.880,02 com "serviços tecnológicos de informática" .

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar