Os três contratos somam pouco mais de R$ 118 mil, mas não revelam a quantidade que está sendo adquirida

Depois de comprometer R$ 840 mil reais com a compra de pães, bolos, rosquinhas, salgadinhos, leite e manteiga em uma padaria da cidade, sem deixar claro a quantidade a ser adquirida, a Prefeitura de Aperibé volta a fazer o mesmo em relação ao fornecimento de gás de cozinha para algumas secretarias. Os três contratos firmados recentemente para esse objeto somam R$ 118.180,00, o suficiente para comprar mais de 1.800 botijões de 13 quilos em um ano, considerando o preço médio unitário de R$ 65.

Os contratos 048, 049 e 061 – com valores globais de R$ 7.684,00, R$ 45.686,00 e R$ 64.800,00 – foram firmados com a micro empresa Josiane Castilho Campos, mas em nenhum deles está definida a quantidade a ser entregue nos 12 meses de validade de cada. No contrato de menor valor, por exemplo,  consta que serão entregues cilindros de 45 quilos e botijões de 13 quilos para as secretarias de Educação, Agricultora, Obras e Administração, mas nada diz sobre a quantidade.

Pelo que está no contrato 049, o município vai pagar R$ 45.696,00 pelo fornecimento de botijões de 13 quilos à Secretaria de Assistência Social durante 12 meses. Considerando p reço médio de R$ 65 pela unidade, seriam 703 botijões em um ano, 58 por mês.

O maior contrato é para atender as unidades de saúde e nele estão especificados apenas o valor global e o prazo de 12 meses. O documento não diz nada sobre a quantidade e muito menos se estão sendo comprados cilindros de 45 quilos ou botijões de 13 quilos.

*O espaço está aberto para qualquer manifestação. Com a palavra a administração municipal de Aperibé.

Matéria relacionada:

Prefeitura Aperibé vai gastar R$ 848 mil com padaria...

Documentos relacionados:

Gás – Contrato 048

Gás – Contrato 049

Gás – Contrato 061

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar