Contrato seria para obra no sistema de drenagem e urbanização da cidade

 

O prefeito Aluizio dos Santos Junior, o Dr. Aluizio, vai ter que esperar um pouco mais para iniciar as obras do sistema de drenagem de águas pluviais e urbanização no bairro Aroeira, na localidade do Morro de São Jorge e no Loteamento Paraíso. É que o Tribunal de Contas do Estado determinou o adiamento da licitação para que sejam feitas correções no edital da concorrência. O conselheiro substituto Christiano Lacerda Ghuerren apresentou uma série de determinações de mudanças e destacou, por exemplo, que "não foram devidamente especificados os materiais a serem utilizados, bem como não foram descritos os serviços a serem executados, inviabilizando a perfeita caracterização do objeto".

Frota de 370 veículos transporta 140 mil passageiros por dia

 

O Grupo Real, controlador das empresas Real Auto Ônibus, Reitur Turismo, Premium Auto Ônibus e Real Transportes Metropolitanos teve pedido de recuperação judicial deferido pela 1ª Vara Empresarial da Capital. O juiz Alexandre de Carvalho Mesquita nomeou um administrador judicial que irá conduzir o processo de recuperação e trabalhar na formulação do quadro de credores. A partir da decisão, o grupo terá que incluir a expressão “em recuperação judicial” em seus nomes empresariais.

Vereador que teria ficado com parte dos salários de assessores tem bens bloqueados a pedido do MP

 

Denunciado à Justiça pelo Ministério Público por supostamente ter ficado com a parte maior do salário de dois assessores, fazer empréstimos no nome de pelo menos um deles, reter o dinheiro e deixar a conta para o funcionário pagar, o vereador Robson de Oliveira Matos, mais conhecido na cidade como Robinho Águia Negra, teve os bens bloqueados para garantir o ressarcimento dos cofres públicos em caso de condenação. A decisão foi tomada na última terça-feira (17), pelo juízo da 1ª Vara de Santo Antonio de Pádua, município do interior do estado do Rio de Janeiro.

Pregão para locação de máquinas e caminhões seria realizado ontem

 

Em contato com o elizeupires.com, diretor geral do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, Thiago Feres, fez vários esclarecimentos em resposta à matéria "Contradição do TCE pode beneficiar empresa em Araruama", veiculada nesta quarta-feira (18). Esclareceu, por exemplo, que o contrato para locação de caminhões e máquinas pesadas firmado entre a Prefeitura daquele município e a empresa Macário´s Comercio e Serviços – que representou pela impugnação do edital da nova licitação que havia sido marcada para ontem (17), não foi declarado ilegal por falta de capacidade operacional da empresa, mas pela "ausência de elementos que compõem a caracterização da situação emergencial" e "ausência das especificações do objeto contratado, no projeto básico".

Firma da Região dos Lagos vai fornecer produto de marca comum a R$ 9,76 o quilo

 

O município de Mangaratiba está a 267 quilômetros de Rio das Ostras, mas é da cidade da Região dos Lagos fluminense que estará vindo o sabão em pó para a Secretaria de Educação. Pelo menos é o que revela a Ata de Registro de Preços 016/2019, fechada no dia 13 de março em favor da Lattanzi Comércio de Produtos, uma das oito empresas que vão vender mais de R$ 1,4 milhão em materiais de limpeza e de higiene pessoal para a secretaria durante um ano. De acordo com o registro de preços, a Lattanzi vai fornecer 5.646 embalagens de um quilo do sabão em pó da marca Barra, ao preço unitário de R$ 9,76.