Moradores de cidades da Baixada Fluminense e Interior receberão informação, diagnóstico e encaminhamento para o tratamento de males como cânceres e hanseníase

 

A Carreta Novartis da Saúde chega ao Rio nesta amanhã (5) com atendimento gratuito e exames à população para o combate a doenças de pele, como a hanseníase e cânceres. O serviço de saúde começa em Irajá, na zona norte da capital carioca, com atendimento na esquina da Rua do Encantamento com Monsenhor Felix, das 8h às 17h, onde permanecerá até terça-feira (6). Depois de Irajá, a unidade segue percorrendo o estado, passando por Nova Iguaçu, Belford Roxo, Magé, Mesquita, na Baixada Fluminense, além de São Gonçalo, Rio Bonito, Vassouras, Resende, Volta Redonda e Angra dos Reis.

A Carreta da Saúde faz parte do Projeto Roda-Hans, uma parceria entre a Novartis, o Ministério da Saúde e a DAHW (Associação Alemã de Assistência aos Hansenianos), com apoio do CONASS (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e do CONASEMS (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), que buscam a erradicação da doença até 2020.

Trata-se de um caminhão itinerante com cinco consultórios e um laboratório, que percorre estados brasileiros oferecendo atendimento gratuito e exames, além de esclarecer dúvidas e conscientizar a população sobre a prevenção. Além disso, por meio da parceria com a DAHW, o projeto também realiza a capacitação de profissionais da saúde das regiões por onde passa, como médicos da atenção básica, residentes e enfermeiros.

Combate à hanseníase –  Uma das doenças detectadas pela Carreta da Saúde, a hanseníase é causada pela bactéria Mycobacterium leprae, ou bacilo de Hansen, que lesiona os nervos periféricos e reduz a sensibilidade da pele. Geralmente, o distúrbio ocasiona manchas esbranquiçadas em áreas como mãos, pés e olhos, mas também pode afetar o rosto, as orelhas, nádegas, braços, pernas e costas. O Brasil está em segundo lugar no ranking de países com novos casos de hanseníase¹, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com mais de 70 mil atendimentos, a Carreta da Saúde completa 10 anos como uma das principais iniciativas de erradicação da doença no país. Após a realização do diagnóstico, os pacientes recebem o tratamento completo por meio de medicamentos da Novartis doados à Organização Mundial da Saúde (OMS), que os repassa a países como o Brasil. O tratamento poliquimioterapia (PQT), que está disponível gratuitamente em toda a rede pública do Brasil, cura a hanseníase, interrompe sua transmissão e previne as deformidades.

Sobre a Novartis –  A Novartis está reinventando a medicina para melhorar e prolongar a vida das pessoas. Como líder global em medicamentos, utilizamos inovações científicas e tecnologias digitais para criar tratamentos transformadores em áreas de grande necessidade médica. Com foco na descoberta de novos medicamentos, estamos entre as principais empresas do mundo que investem consistentemente em pesquisa e desenvolvimento. Os produtos da Novartis alcançam mais de 750 milhões de pessoas em todo o mundo e estamos encontrando maneiras inovadoras de expandir o acesso aos nossos tratamentos mais recentes. Cerca de 105 mil pessoas de mais de 140 nacionalidades trabalham na Novartis em todo o mundo. Saiba mais em: www.novartis.com.