Partido teria recebido doação com verba da Câmara de Vereadores

 

Através da 1ª Promotoria de Tutela Coletiva de Resende – cidade do Sul Fluminense – o Ministério Público decidiu instaurar no final de abril um inquérito para apurar um suposto ato de improbidade administrativa na Câmara Municipal de Resende, que teria ocorrido em 2015. De acordo com o MP, trata-se de uma doação de verba que pertenceria ao parlamento municipal, em benefício do MDB, o que é proibido por lei. A suposta "caridade" teria como destinatário certo o então vereador Célio da Silva, o Célio Caloca, que é um dos alvos inquérito ao lado do MDB e da Câmara Municipal.

Ministro diz que governo já trabalha com crescimento de 1,5% em 2019

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, previu que haverá uma "enxurrada de notícias boas" no segundo semestre, após a aprovação da reforma da Previdência. Ele também classificou de barulho as notícias sobre o mau resultado do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, garantindo que as expectativas vão se reverter rapidamente após a aprovação da reforma. Guedes participou ontem (17) do 91º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic) e, entre outros acenos para o setor, disse que o governo fará um choque da energia barata, entre 30 a 60 dias, para ajudar a economia.

Com vários mandatos no currículo, o prefeito de Nilópolis, Farid Abrão, ainda não se pronunciou publicamente sobre a disputa pela Prefeitura em 2020, mas. nos corredores do poder local, o que se ouve é que ele realmente deverá concorrer à reeleição. Porém, já chegou aos ambientes polítocos o  que seu chefe de gabinete, o inspetor de tributos Rodrigo Duarte, é pré-candidato a uma vaga na Câmara de Vereadores, por onde já passou, também como chefe de gabinete. Com bom trânsito em todos os setores, Rodrigo atuou na Prefeitura com Farid entre  2005 e 2008, e chefiou o gabinete da liderança do PTB na Assembleia Legislativa.

Gastos com pessoal estão muito acima do permitido pela Legislação e o prefeito teve as contas reprovadas por isso

 

A Lei de Responsabilidade Fiscal vem sendo ignorada pelo prefeito de Engenheiro Paulo de Frontin. Jauldo de Souza Balthazar Ferreira não está conseguindo o equilíbrio em relação aos gastos com pessoal e, por causa disso, ele teve suas contas de gestão referentes ao exercício de 2017 reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. Se o parecer do TCE for mantido pela Câmara de Vereadores ele pode ficar inelegível por até oito anos, o que o deixaria de fora das eleições de 2020.

Situação jurídica do atual e do ex-prefeito é fator de favorecimento para os adversários

 

Mal avaliado por alguns de seus próprios aliados, com uma condenação a 14 anos de prisão que só não o tirou do cargo porque a sentença saiu depois das eleições municipais, o prefeito de Itaguaí,  Carlo Busatto Junior, o Charlinho, sequer toca no assunto sucessão. Parece ter os olhos mais voltados para Mangaratiba do que para sua cidade, visto que estaria interessado em lançar por lá – sua origem –, a primeira dama Andrea Busatto. O ex-prefeito Wesley Pereira está condenado em segunda instância por abuso de poder econômico e, se a situação não for revertida também, não poderá disputar a Prefeitura em 2020. Assim fica aberto um espaço e tanto para a pavimentação de uma terceira via...