Mensagem de secretário de Belford Roxo nas redes redes sociais soou como oferecimento de companheiro de chapa ideal para si mesmo

 

Pegou mal nos meios políticos de Belford Roxo uma postagem nas redes sociais feita pelo secretário do Meio Ambiente Flávio Gonçalves, primo do prefeito Wagner dos Santos Carneiro, ele jogou uma indireta para ser o companheiro de chapa em 2020. Vestindo uma camisa do Vasco da Gama, e se apresentando como "um gestor de qualidade", Flavio mandou um "meu vice favorito".

Acusado de oferecer vantagens em troca de votos, recebimento de doações de pessoas inscritas em programa social de transferência de renda, o vereador da pequenina São Francisco de Itabapoana – cidade do interior do estado do Rio de Janeiro –, de Jarédio Barreto de Azevedo, foi condenado a oito anos de prisão, mais perda do mandato. a ser cumprida inicialmente em regime semiaberto, e à perda do mandato. A decisão foi tomada pelo juiz Leonardo Cajueiro D’Azevedo, da 130ª Zona Eleitoral, em ação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral.

Câmara cria funções gratificadas com vencimento de mais de R$ 5 mil

 

Algumas vezes alvo de denúncias de existência de assessores fantasmas, com vários casos levados à Justiça através de ações ajuizadas pelo Ministério Público, a Câmara de Vereadores de Macaé – cidade rica do Norte Fluminense – volta a chamar atenção, dessa com um "trem da alegria” que vai onerar a folha de pagamento em mais de R$ 1,5 milhão por ano. Aprovação de 33 funções gratificadas foi sancionada pelo presidente da Casa, Eduardo Cardoso (foto), ele mesmo já denunciado em um caso de fantasma. O instrumento usado para garantir extra entre R$ 2.200 e R$ 5.320 a servidores efetivos escolhidos para as FG pelo próprio Eduardo, é a Lei Municipal 4.568/2019, de autoria da Mesa Diretora, aprovada em plenário.

A saúde vai mal, educação idem e o governo não tem nenhum pudor em festejar

 

Com cerca de 110 mil habitantes, o Japeri é o município mais pobre da Baixada Fluminense, mas gasta como cidade rica quando se trata de festa e sequer presta contas à população. Lanterninha nos índices de educação e desenvolvimento humano, o município não oferece o mínimo em termos de saúde nem há garantia de comida na mesa dos estudantes da rede municipal de ensino, mesmo a Prefeitura tendo firmado quatro contratos milionários para aquisição de gêneros alimentícios. O que se comenta nos corredores do poder local, é que o prefeito Cesar Mello ainda não se encontrou na gestão, embora esteja no cargo desde o final de julho de 2018, e que seu governo, "para ser ruim, precisa melhorar muito".

MP apurou que chefe de gabinete de receber por "carga horária efetivamente não cumprida"

 

O juízo da Vara Única de Itatiaia, município do Sul do estado do Rio de janeiro, determinou o bloqueio dos bens do vereador Vander Leite Gomes (foto), denunciado pelo Ministério Público por improbidade administrativa junto com o ex-assessor Cézar Augusto Carneiro Stagi. De acordo com o que foi apurado pelo por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva (Núcleo Resende), Cezar foi chefe do gabinete de Vander quando esse presidiu a Câmara de Vereadores, mas o assessor tinha ocupações paralelas e não comparecia regularmente à Casa, "causando danos ao erário municipal". O bloqueio, que também atinge o ex-assessor, vai até ao total de R$ 153.221,50.