Agora vice-prefeito Ricardo de Oliveira Almeida, o Pastor Ricardo (a direita), foi secretário de Governo no início da gestão do ex-prefeito Marcos Aurélio Dias (Foto: Divulgação)

Vice-prefeito comandou a pasta em período conturbado

O novo prefeito de Guapimirim, Jocelito Pereira de Oliveira, o Zelito Tringuelê (PDT), começou seu primeiro dia de trabalho percorrendo as secretarias. Ele encontrou a administração destroçada e atolada em dívidas, uma herança maldita deixada pelo ex-prefeito Marcos Aurélio Dias, que saiu do poder levando consigo o título de pior gestor da história do município. Ainda sem saber o volume do estrago - principalmente nos setores de Saúde e Educação - Zelito deverá auditar contratos e passar um pente fino nos processos de licitação concluídos nos últimos três meses, principalmente os voltados para a terceirização de mão de obras e serviços levados a efeito pelo “ex-primeiro ministro” da cidade, Rui Aguiar. Entretanto, se o governo é novo, um nome que levantou muita polêmica no inicio da gestão do ex-prefeito voltou a ocupar o mesmo posto de antes, o comando da Secretaria de Governo. Trata-se do agora vice-prefeito Ricardo de Oliveira Almeida, o Pastor Ricardo, que dividia o poder com Marcos Aurélio.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar