Tarciso Pessoa fechou 2016 com déficit financeiro de mais de R$10 milhões

 

O Tribunal de Contas do Estado reprovou ontem as contas da Prefeitura de Paracambi referentes ao exercício de 2016, o último ano da gestão do prefeito Tarciso Pessoa, o Professor Tarciso. De acordo com parecer da conselheira Marianna Montebello Willeman, relatora do processo, foram praticadas três irregularidades: déficit financeiro de R$10.024.620,21, dívida assumida nos dois últimos quadrimestres do mandato sem previsão de caixa para quitá-la e o cancelamento, sem justificativa, de restos a pagar processados no valor de R$1.254.919,07. Os técnicos do TCE encontraram ainda 17 impropriedades na prestação de contas. O processo será encaminhado agora para apreciação da Câmara de Vereadores, que dará o veredicto final.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar