Irmão de Garotinho vai entrar na vaga de Cristiane Brasil

Condenado a 12 anos de prisão por exploração sexual de menores, o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Campos, Nelson Nahim (foto), vai assumir, nos próximos dias, uma vaga na Câmara dos Deputados. Suplente pelo PSD - partido que formou aliança com o PMDB e PTB nas eleições de 2014 -, Nelson é irmão do ex-governador Anthony Garotinho e chegou a ficar preso por quatro meses, mas ganhou a liberdade com a concessão de um habeas corpus. Ele entrará na vaga da deputada Cristiane Brasil (PTB), nomeada para o Ministério do Trabalho pelo presidente Michel Temer.

Nahim foi um dos 20 homens denunciados à Justiça por suposta participação em um esquema de exploração sexual de crianças e adoslecentes, caso que ficou conhecido como "Meninas de Guarus". Dezesseis deles foram sentenciados em 2016 pela juíza Daniela Barbosa Assunpção, da terceira Vara Criminal de Campos. Durante as investigações algumas meninas contaram que eram obrigadas a fazer até 30 programas por dia.

As investigações foram iniciadas pelo Ministério Público em 2009 e os condenados foram acusados de explorar meninas entre 8 e 17 anos, em uma casa na localidade de Guarus, distrito de Campos. Ao comentar sua prisão Nelson Nahim afirmou que é inocente:  "Acho um absurdo porque nos autos da ação ficou comprovado que eu não tive nenhum relacionamento com ninguém. Não vejo porque qualquer tipo de condenação".

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar