Em conversa que tive agora pela manhã com o jornalista Almeida dos Santos, lá de Nova Iguaçu, ele descartou esse assunto de que a secretária de Educação municipal, Rojane Dib (foto) – indicação do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia – deixou o cargo para tratar de problemas pessoais. Almeida lembrou que ela assinou a compra de material esportivo que causou polêmica e foi motivo de muitos questionamentos, inclusive por valores pagos até por uma simples bola de vôlei. Neste caso, na experiência do Almeida, o prefeito Rogério Lisboa deve ter combinado "tirar da vitrine" a secretária de Educação. É bom lembrar que circula um áudio nas mídias sociais em que a própria Rojane diz que não irá se afastar de Nova Iguaçu, mas ela foi nomeada para um assessoria na Secretaria de Governo.

Então, tá. 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar