Natal será mais 'gordo' para o prefeito, vice e os 11 vereadores da cidade

Já está valendo o dispositivo que garante aos agentes políticos de Miracema, um dos menores municípios do estado do Rio de Janeiro, o recebimento do décimo-terceiro salário e de férias remuneradas, benefício concedido a si mesmos pelos onze vereadores e o prefeito Clovis Tostes (foto), que sancionou a Lei Nº 1.756, aprovada no dia 26 de fevereiro, sem vetar uma vírgula sequer. A partir de agora, os 'representantes do povo', receberão um terço a mais do subsídio normal no período em que estiverem de férias. No caso dos vereadores, segundo o artigo 2º da lei que vem causando polêmica na cidade, a concessão das férias deverá coincidir com os períodos de recesso. De acordo com o texto da lei, o presidente da Câmara de Vereadores será substituído pelo vice, o 1º Secretário pelo 2º Secretário e o décimo terceiro será pago na mesma data definida para os servidores.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar