Tribunal apontou financeiro de R$ 6.110.052,83 

O prefeito Rodrigo Neves (foto) teve sua prestação de contas referente ao exercício de 2016 reprovada pelo Tribunal de Contas do Estado. O parecer prévio contrário foi relatado pela conselheira Marianna Montebello Willeman, mas ela apontou como atenuante o de R$ 121.331.226,06 herdado da gestão anterior e o fato de Neves ter reduzido o rombo  em 94,97%, chegando a R$ 6.110.052,83. Entre as irregularidades apontadas estão o déficit financeiro de pouco mais de R$ 6 milhões; realização de despesas no valor de R$ 33.491.353,38 sem cobertura orçamentária e "assunção de obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro do mandato". O processo agora vai para análise da Câmara de Vereadores e se o parecer for mantido o prefeito poderá ficar inelegível por até oito anos.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar