Só Meriti tem R$ 10 milhões a receber

 

A decisão do presidente Jair Bolsonaro de liberar recursos das emendas impositivas apresentadas por parlamentares no orçamento da União e que estão paradas desde 2014 deixou os prefeitos da Baixada Fluminense felizes da vida. Em tempo de vacas magras um dinheiro extra faz um bem danado e é com isto que os governantes da região estão contando para pelo menos remediarem a situação. Ex-deputado federal, o prefeito João Ferreira Neto, o Dr. João (foto), não perdeu tempo. "Vou à Brasilia cuidar pessoalmente da liberação. Foram emendas que eu mesmo consegui aprovar. São cerca de R$ 10 milhões", diz o agora prefeito de São João de Meriti.

Quem também deve desembarcar em Brasília para cuidar dos interesses de Nova Iguaçu é o prefeito Rogério Lisboa. Tem emendas inseridas por três deputados diferentes e estas podem ajudar bastante. Os recursos foram assegurados no orçamento por Felipe Bornier, Walney Rocha e Rosangela Gomes. Dos três apenas Rosangela foi reeleita.

Bolsonaro anunciou a liberação dos recursos depois de conversar no fim de semana com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para discutir pautas de interesse do governo, entre elas a polêmica reforma da Previdência. 

Ao todo as prefeituras da Baixada Fluminense tem mais de R$ 150 milhões e emendas a receber. Se sair pelo menos a metade, será um alivio e tanto.

 

Comentários  

0 #1 ronaldo santana roch 13-03-2019 19:30
boa noite elizeu isso faz nos repensar e mage nossa linda mage foi imcapaz de eleger um deputado federal pra so migalhas o mageense preferiu o oportunistas de sempre
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar