Imprimir
Categoria: Política

Desmaios súbitos e perda intermitente do movimento de uma das mãos, o que parecia ser consequência do estresse teria ganhado desdobramentos dramáticos para o prefeito de uma cidade do Sul Fluminense, e consequentemente especulações acerca da saúde – física, psicológica e até espiritual – do político. De acordo com pessoas ligadas ao governante, não é de hoje que "os apagões" do prefeito alimentam as rodas de conversa pelos corredores da sede administrativa da cidade, e, principalmente, nos bastidores da política local.

As primeiras informações, ainda que não confirmadas oficialmente, davam conta de que o alcaide estaria se submetendo a uma série de exames na tentativa de descobrir as causas do suposto mal súbito. Fontes, no entanto, garantem que o político teria procurado ajuda de uma mãe de santo nos últimos dias, depois que começou a ver o fantasma de um avô em seu gabinete.

As supostas aparições estariam acontecendo com frequência, o que teria, inclusive, feito com que a sacerdotisa fosse até o local para tentar acalmar os ânimos, do prefeito e do fantasma.

Para especialistas no assunto, o prefeito estaria sendo vítima de intervenções negativas de alguns dos muitos inimigos que fez deixando de cumprir compromissos firmados na campanha de 2016. A aparição do avô seria para protegê-lo, mas por medo, ele acaba fugindo disso e dispensando a proteção, o que o deixa vulnerável às energias negativas. "O correto seria ele interagir com o avô que, neste caso, estaria vindo para exercer a função de anjo da guarda", diz um médium.