Pedido de investigação foi aprovado por 12 votos a um

 

O plenário da Câmara de Vereadores de Rio das Ostras decidiu na sessão desta terça-feira (21) abrir uma Comissão Especial de Inquéritos para apurar o caos instalado na rede municipal de saúde desde a posse do prefeito Marcelino Borba (foto). Dos 13 membros da Casa o único a votar contra foi o vereador Joelson do Carmo, mais conhecido como Joelson da Farmácia. Nesta quarta-feira serão definidos os membros da comissão, que deverá ser presidida pelo vereador Rodrigo Jorge Barros, autor do pedido de investigação.

A gestão do prefeito Marcelino Borba – eleito na eleição suplementar realizada no dia 24 de junho do ano passado – vem sendo questionada desde o início, principalmente em relação ao setor de saúde. De diálogo difícil, Borba havia sido secretário de Saúde no início do governo de seu antecessor, o ex-prefeito Carlos Augusto Balthazar, e deixou o cargo debaixo de críticas.

Agora como prefeito, de acordo com as denúncias que chegaram à Câmara de Vereadores, Marcelino estaria deixando faltar profissionais para o atendimento, medicamentos e insumos. Há registros ainda de demora nos atendimentos, falecimentos de pacientes em percentual maior, trocas constantes de diretores e coordenadores.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar