Surgiu mais um factóide São João de Meriti envolvendo o vereador Carlos Eduardo do Soares, o Dudu Soares, que vem usando as redes sociais para divulgar denúncias sobre a rede de saúde do município, que, segundo o prefeito João Ferreira Neto, Dr. João, "são fantasiosas". Na manhã de quarta-feira (22) as secretarias de Governo, Fazenda, Saúde (Vigilância Sanitária) e de Ambiente fizeram uma ação de fiscalização no bairro Trezentos, com o objetivo foi orientar quanto à regularização de comércio ilegal, sobre normas de higiene, licenças e documentações para funcionamento. De acordo com a Prefeitura, Dudu teria fechado a própria academia para tentar jogar a culpa no governo.

Ainda de acordo com a Prefeitura, motivos, de fato, não faltariam para justificar o fechamento da academia do vereador, já que a empresa teria sido encontrada em condições insalubres, sem alvará, liberação do Corpo de Bombeiros e tampouco licença para uso de letreiros luminosos.

A Prefeitura aponta ainda que o local não tem responsável técnico para funcionar como Atividade de Condicionamento Físico, e o espaço também não disporia de tratamento do esgoto, mas mesmo assim, revela a Prefeitura, "a ação foi apenas educativa".

Dr. João, que na terça-feira havia denunciado que o parlamentar teria “plantado” uma suposta paciente numa unidade de saúde "para provocar escândalo e fazer uma gravação", revelou pouco que houve uma denúncia contra o comércio do vereador. "Estamos agindo dentro da lei. Nada será feito fora dos trâmites legais. Estamos aplicando a lei", afirmou o prefeito.

Matéria relacionada:

Vereador acusado de agressão volta a ser denunciado em Meriti

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar