Decisão foi tomada por unanimidade

 

O prefeito de Paraíba do Sul, Alessandro Cronge Bouzada (foto), teve as contas de gestão referentes ao exercício de 2017 reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. O parecer prévio será apreciado agora pelo plenário da Câmara de Vereadores, e se formantido o político pode ficar inelegível por ate oito anos.  De acordo com o TCE, foram abertos créditos adicionais com base em excesso de arrecadação sem fonte de recurso. A corte de contas apontou ainda a "não realização das audiências públicas para avaliar o cumprimento das metas fis

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar