Ao que tudo indica, Barra Mansa, cidade da região Sul do estado do Rio de Janeiro, vai ser pequena demais para o prefeito Rodrigo Drable (foto) e a militante de direita Danny Villas Bôas, que, segundo o governante, teria pretensões políticas e que, por isso, estaria usando as redes sociais para bombardear a administração municipal, inclusive com algumas fake news, para desestabilizar a gestão dele e tirar vantagem na disputa de 2020. Nos últimos dias, o prefeito subiu nas tamancas e também utilizou as redes sociais para contra-atacar.

Um dos "tiroteios" recentes envolveu a suposta demissão dos médicos da rede municipal, noticiada por Danny e contestada pelo prefeito ao alegar que somente exigiu dos profissionais o cumprimento da carga horária de 40 horas semanais. Outros pipocos que ecoaram na internet foram disparados quando a militante resolveu utilizar a morte de uma jovem na Santa Casa da cidade para acusar o governo Drable de negligência médica.

A rajada de Danny teria sido exagerada, já que também acabou acertando a mãe da jovem falecida. Villas Bôas teria afirmado que a mulher estaria desempregada e necessitava de ajuda financeira para o sustento dos netos, o que acabou sendo rechaçado pela prima da jovem falecida. Segundo ela, Danny entrou em contato com a tia para tentar colher argumentos para atacar o prefeito e acabou expondo a família. A militante disse que foi mal interpretada no episódio, mas o "tiroteio" entre ela e o prefeito deve continuar fazendo barulho em Barra Mansa.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar