O ex-prefeito Joelson Gomes Soares, foi condenado pelo juiz Rodrigo Pinheiro Rebouças, titular da Vara Única da Comarca de Italva, região Norte Fluminense, pela prática de improbidade administrativa na compra de materiais de construção sem licitação no período de 2009 e 2012. A decisão atinge ainda quatro ex-secretários de Obras, que ocuparam o cargo durante o governo de Joelson. O ex-prefeito vai ter que pagar multa equivalente a 24 vezes o valor do último salário que recebia, enquanto os ex-secretários Jairo Gomes de Souza Júnior e Ledir Rangel vão pagar multa de dez vezes ao último valor recebido como tilares da Pasta. Já João Batista Nogueira e Pedro Soares de Almeida – também ex-secretários de Obras – pagarão o equivalente a cinco vezes o valor do salário que receberam. 

Mudança de lado está sendo vista como passo em falso

 

O resultado do segundo turno da eleição para o governo do estado do Rio de Janeiro terminou de maneira melancólica para o prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz. É que o alcaide da cidade do Sul Fluminense filiou-se ao DEM no apagar das luzes de 2017 possivelmente acreditando que seria colega de partido do futuro governador, no caso Eduardo Paes, que aparecia como o principal postulante ao comando do Palácio das Laranjeiras. O pretenso casamento, articulado pelo deputado Rodrigo Maia, apoiado por Diogo em Resende, poderia facilitar a reeleição do prefeito em 2020, caso se confirmasse o favoritismo de Paes, que acabou derrotado domingo (28) pelo ex-juiz Wilson Witzel, o que deixou Balieiro sozinho no altar...

Os novos prefeitos deverão ser empossados até o dia 20 de novembro

Com 3.782 votos (52,69%), o candidato do PSDB, Vandelar Dias, foi eleito para prefeito em Aperibé, em votação suplementar realizada ontem (28), No município de Laje do Muriaé o vencedor é o médico Jose Eliezer Tostes Pinto, que disputou pelo MDB. Em Aperibé concorreram ainda Virley Figueira e Inacio Zanata. Virley teve 2.648 e Zanata 748. Outros candidatos de Laje do Muriaé foram Alexandre de Souza Dias, o Pestana (PP), 2.611 votos;  José Bernardo de Oliveira, 97; Marcus Luiz Werneck Fraga, 69 e Carlos José de Freitas Pereira, o Casé, que não teve os votos computados. A posse deve acontecer até o dia 20 de novembro.

Alan Bombeiro é o novo prefeito da cidade

O candidato do PSDB, Alan Campos da Costa, o Alan Bombeiro, venceu neste domingo (28) a disputa pela Prefeitura de Mangaratiba, cidade da Costa Verde do estado do Rio de Janeiro, em eleição suplementar marcada após a cassação – por práticas ilegais durante a campanha de 2016 – do prefeito Aarão de Moura Brito Neto. Alan somou 16.354 votos (65,53%) dos votos, votação duas vezes maior que a dos quatro cinco adversários juntos. Evando Resende, do PP teve 6.155 votos (24,66%); Cledson Barbosa, Rede, 1.259 (5,04%), Emil Crokidakis, do PSOL 593 (2,38%); Carla da Máquina, PRP, 535 (2,14%) e Vitor Tenório dos Santos, o Vitinho – candidato do PDT e ex-prefeito interino, que teve prisão decretada há três meses – registrou 61 votos (0,24%).

Cornélio Ribeiro anuncia a volta à vida pública de olho na Prefeitura

 

A votação no segundo turno para presidente da Republica e governador do Rio está só no começo, mas as conversas em torno das eleições municipais já avançam nos bastidores da política. Agora a pouco, na presença de pessoas importantes para a política local, o empresário de sucesso Cornélio Ribeiro (foto), contou ao elizeupires.com que pretende disputar a Prefeitura de Nova Iguaçu em 2020. Cornélio entrou para a vida pública em 1988, quando, filiado ao PDT, foi eleito vereador. E 1990 ele conquistou um mandato de deputado estadual e a ele foi reconduzido quatro anos depois. Ainda pelo PDT, ele conquistou um mandato de deputado federal, a quarta vitória nas urnas em dez anos. "Quero ser prefeito para fazer diferente, melhorar a cidade e as condições de vida do seu povo", disse.